Com aval de Jorge Jesus, Flamengo mantém busca por reforços pontuais
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com aval de Jorge Jesus, Flamengo mantém busca por reforços pontuais

Jorge Jesus e Marcos Braz
Em sintonia: diretoria e comissão técnica trabalham por reforços no Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Matheus Dantas - 22/06/2019 - 07:00
Rio de Janeiro (RJ)
Ao ser contratado pelo Flamengo em maio, Jorge Jesus deu aos diretores suas impressões do elenco rubro-negro. Em sua apresentação, o técnico ressaltou estar "em sintonia com a direção" na busca por reforços e, passada algumas semanas e iniciado o trabalho em campo do português, o clube segue em busca de contratações pontuais para 2019. Entre as prioridades estão as chegadas de dois nomes: um lateral-esquerdo e outro para o meio de campo.

A percepção na Gávea é de que o atual elenco já é capaz de disputar os títulos da Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores. Nos últimos anos, os resultados ficaram aquém do esperado, especialmente no torneio continental.

Outra diferença em relação às últimas temporadas é de que, em janeiro, o investimento feito pelo clube foi alto nas contratações de Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, qualificando ainda mais o elenco vice-campeão brasileiro de 2018. Os resultados vieram: título carioca e as classificações para as oitavas da Libertadores e quartas da Copa do Brasil.



Até agora, o único reforço confirmado para o segundo semestre é Rafinha, de 33 anos. Após sete temporadas defendendo o Bayern de Munique, o lateral-direito chega à Gávea sem custos - contrato com o clube alemão chegou ao fim - e para ser o dono da posição. À disposição de Jesus estão Pará e Rodinei, nos últimos anos, alternaram o status de titular, mas jamais foram unanimidades.


E MAIS:
FILIPE LUÍS SEGUE COMO 'PLANO A'

Defendendo a Seleção Brasileira na Copa América, Filipe Luís segue como "Plano A" do Flamengo para a lateral-esquerda. O jogador, contudo, espera o fim da competição para definir seu futuro. O seu contrato com o Atlético de Madrid se encerra no próximo dia 30. Assim, sua chegada seria nos mesmos moldes de Rafinha - sem custos -, o que faz o clube aguardar sua resposta.

Enquanto não uma definição, por sua vez, outros nomes surgem no radar do Flamengo e no noticiário, como o de Guilherme Arana e Fábio Coentrão. A diretoria não confirma ofertas pelos dois atletas, sendo que o português foi citado por Jorge Jesus - os dois trabalharam juntos no Benfica e no Sporting.

VOLANTE É DESEJO ANTIGO

A direção do Flamengo monitora o mercado nacional e internacional há alguns meses atrás de um volante. O entendimento na Gávea, desde os tempos em que Abel Braga era o treinador, é de que não há uma carência no elenco, uma vez que não tem jogadores com características similares e de Willian Arão, um dos que mais atuou em 2019, apesar da desconfiança de parte dos torcedores.

Jorge Jesus começou a trabalhar com os jogadores no Flamengo nesta quinta, no Ninho do Urubu. Para o segundo semestre, os seguinte nomes estarão à disposição do português: Cuéllar e Piris da Motta, que atuam mais na proteção da zaga, e os jovens Ronaldo e Hugo Moura, ambos sem tanta chegada à área rival, principal característica de Willian Arão, titular ao lado de Cuéllar em 2019.

Facebook Lance Twitter Lance