'Climão' entre Flamengo e CBF esquenta semifinal da Copa do Brasil
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Climão' entre Flamengo e CBF esquenta semifinal da Copa do Brasil

Flamengo x Corinthians
Lucas Paquetá está no centro do "conflito" entre Flamengo, Corinthians e CBF (Foto: Andre Melo Andrade/Eleven)
LANCE! - 11/09/2018 - 05:00
Rio de Janeiro (RJ)
Flamengo e Corinthians entram em campo na quarta-feira, às 21h45, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Por si só, o clássico nacional já desperta grande atenção e é de grande rivalidade entre os torcedores, mas a sequência de desentendimentos entre os clubes e CBF esquentou os bastidores do duelo.

O Flamengo se posicionou publicamente contra decisões tomadas pela CBF envolvendo a data do confronto, escolha do árbitro e convocação da Seleção Brasileira. O LANCE! levantou os conflitos entre Flamengo, Corinthians e CBF.

CONVOCAÇÃO DE LUCAS PAQUETÁ

Ter um jogado criado na Gávea convocado para a Seleção Brasileira tornou-se motivo de indignação no Flamengo. Um dos principais nomes do Rubro-Negro na temporada, Lucas Paquetá foi chamado por Tite para os amistosos contra Estados Unidos - vitória por 2 a 0 na última sexta - e El Salvador. O problema é que o segundo compromisso do Brasil acontece na véspera da semi da Copa do Brasil, contra o Corinthians. O jogo de ida será nesta quarta, dia 12, no Rio.

Tite justificou a convocação e informou ter convocado apenas um atleta de cada clube envolvido na Copa do Brasil (Dedé, do Cruzeiro, e Fagner, do Corinthians estavam na lista, que não tinha ninguém do Palmeiras) para não prejudicá-los ainda mais nas competições que não pararam para a data Fifa. 

A repercussão foi negativa, mas a CBF e o treinador mantiveram a posição. O Fla estudou pedir a dispensa de Paquetá do amistoso contra El Salvador, com o atleta retornando ao Brasil no último sábado, mas não avançou na conversa.

A tendência é que o jogador atue por alguns minutos nesta terça, nos Estados Unidos, retornando ao Rio de Janeiro em voo fretado pelo Rubro-Negro, junto ao Cruzeiro, para trazerem Paquetá, Cuéllar e Dedé a tempo das semifinais.

CBF NÃO ATENDE PEDIDO DE ADIAMENTO

Com as eliminações nas oitavas de final da Copa Libertadores, Flamengo e Corinthians tiveram duas datas "abertas" no calendário. Assim, a diretoria rubro-negra pediu o adiamento do primeiro jogo da semifinal para o dia 19, garantindo a participação dos "selecionáveis" de ambos os clubes, mas a CBF vetou a mudança de data "em respeito ao estatuto do torcedor e ao calendário do futebol" brasileiro aprovado ainda em 2017. A diretoria do Corinthians não se posicionou publicamente - decisão que não foi bem recebida na Gávea.

BRÁULIO DA SILVA MACHADO SERÁ O ÁRBITRO

Em sorteio realizado pela CBF, foi definido que Bráulio da Silva Machado apitará a partida entre Flamengo e Corinthians no Maracanã. O presidente Bandeira de Mello classificou como "absurdamente revoltante" e uma "falta de respeito" só a inclusão do árbitro catarinense no sorteio. A posição do Rubro-Negro explica-se pela atuação do juiz na partida entre Flamengo e Palmeiras, pelo Brasileirão.

Na partida no Allianz Parque, disputada antes da Copa do Mundo. o Palmeiras cometeu 21 faltas, recebeu quatro cartões amarelos e três vermelhos. Por sia vez, o Flamengo fez 18 faltas, recebeu cinco cartões amarelos e três vermelhos. O clube da Gávea reclamou de falta de critério do juiz Bráulio da Silva Machado.

CORTADO DA SELEÇÃO, FAGNER REFORÇA O RIVAL

O último episódio envolvendo CBF, Flamengo e Corinthians antes da semifinal teve Fagner como protagonista. O lateral-direito, homem de confiança de Tite, acabou desconvocado da Seleção Brasileirão após ser diagnosticada uma lesão na coxa esquerda do jogador, em 2 de setembro. A previsão de recuperação foi de três a quatro semanas, prazo que o tiraria dos amistosos do Brasil e do jogo contra de quarta-feira, no Rio. No entanto, o camisa 2 deve atuar no Maracanã.

O Corinthians e a CBF já informaram que não há impedimento jurídico para que o lateral-direito entre em campo, devido à desconvocação da seleção. Desta forma, apenas dois clubes envolvidos nas semifinais da Copa do Brasil podem ter desfalques por conta da Seleção Brasileira: Flamengo e Cruzeiro.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance