Carpegiani aprova 'teste', mas nem todos aproveitam chance no Fla
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Carpegiani aprova 'teste', mas nem todos aproveitam chance no Fla

  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo - Carpegiani
    Macaé x Flamengo - Carpegiani Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Rui Porto Filho/AGIF
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Rui Porto Filho/AGIF
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Divulgação
  •  Macaé x Flamengo
    Macaé x Flamengo Rui Porto Filho/AGIF
LANCE! - 11/03/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Com o jogo da Copa Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Emelec, Carpegiani aproveitou a partida deste sábado contra o Macaé para fazer algumas observações e dar chances para alguns atletas que não estão tendo uma sequência de jogos na temporada. Após a derrota por 1 a 0 no Moacyrzão, o técnico explicou o que tirou de lição do duelo.

- A base tem o Diego, o Jonas e o Paquetá. Gostei muito da minha equipe no primeiro tempo, tivemos muitas oportunidades. Mesmo quando tomamos o gol, tínhamos o controle. Eu tive que tirar um jogador que estava muito bem, o lado positivo é o Geuvânio. O campo fofo, ele sentiu demais. Coloquei dois centroavantes. E as coisas não surtiram efeito. Tivemos dificuldades normais depois da expulsão e o jogo ficou descontrolado com um a menos.

Confira as movimentações de Geuvânio e Lucas Paquetá



De olho na evolução do elenco e dos seus atletas, Carpegiani deixou de lado o resultado negativo e elogiou os atletas, que fizeram o que foi pedido por ele antes do jogo deste sábado. O comandante aprovou o primeiro tempo de partida.

- O importante é que os jogadores executaram aquilo que estávamos planejando. Fomos mais firmes no meio, preenchemos o espaço. Criamos oportunidade e tivemos sequência. O torcedor não quer saber, não é possivel agradar todos os dias. Mas eu gostei do primeiro tempo e esse foi o motivo pra trazer o Paquetá e o Jonas

Não aproveitaram

Alguns nomes ganharam chance contra o Macaé, mas não conseguiram agradar. Diferente de Geuvânio, que teve atuação mais segura, Pará, Willian Arão e Léo Duarte ficaram devendo mais uma com a camisa do Flamengo neste início de temporada. 

O zagueiro ganhou mais uma oportunidade de começar a partida como titular, mas foi mal, inclusive sendo expulso com 26 minutos do segundo tempo. Contra o Fluminense, na Taça Rio, o camisa 43 já havia tido uma atuação abaixo do esperado e o Rubro-Negro acabou goleado por 4 a 0. 

Arão ainda não está na melhor forma física e lesão na panturrilha atrasou a sua estreia na temporada. A primeira partida do camisa 5 foi contra o River Plate no fim do mês passado e o atleta sentiu o ritmo da partida em Macaé, principalmente pelo estado do gramado, que foi citado por Carpegiani na coletiva.

Por fim, Pará voltou a começar uma partida pelo Flamengo, mas não conseguiu mostrar um bom futebol. No primeiro tempo a equipe de Carpegiani atacou muito mais pelo lado esquerdo e atuação do camisa 21 foi discreta. Na etapa final, o Fla sentiu a ausência de Paquetá e as jogadas não tinham um bom desfecho. Atualmente, Rodinei é o titular da posição. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance