Barbieri freia euforia com liderança: 'Ainda não conquistamos nada'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Barbieri freia euforia com liderança: 'Ainda não conquistamos nada'

  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Andre Melo Andrade/Eleven
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Paulo Sergio / Agencia F8
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Paulo Sergio / Agencia F8
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Magalhaes Jr
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Andre Melo Andrade/Eleven
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Magalhaes Jr
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Magalhaes Jr
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Andre Melo Andrade/Eleven
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Wagner Assis/Eleven
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Andre Melo Andrade/Eleven
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Paulo Sergio / Agencia F8
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Marcelo Cortes/Fotoarena
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Celso Pupo/Fotoarena
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Celso Pupo/Fotoarena
  •  Flamengo x Paraná
    Flamengo x Paraná Celso Pupo/Fotoarena
João Mércio Gomes - 10/06/2018 - 21:59
Rio de Janeiro (RJ)
A noite de festa para a torcida rubro-negra, com direito a despedida para os garotos Felipe Vizeu e Vinícius Junior, pode ter ofuscado o grande trabalho de Maurício Barbieri. A quinta vitória seguida do Flamengo no Brasileirão garante seis pontos de vantagem para o vice-líder e o time na primeira posição pelo menos até agosto. A situação é favorável ao clube, mas o treinador adota o discurso de pés no chão pois sabe que o segundo semestre pode ser ainda mais difícil:

- A tranquilidade é relativa. O que vai acontecer, independente do resultado contra o Palmeiras, é a convicção de que estamos no caminho certo. Se o primeiro semestre foi difícil, o segundo vai ser ainda mais. É importante você ter um ambiente bom, e a liderança ajuda. Mas não conquistamos nada. A sensação no vestiário é de alegria, felicidade, mas nunca de satisfação. A gente espera no final do ano estar felizes e satisfeitos - afirma o treinador.


E, focado no Palmeiras, Barbieri conta com Vinícius Junior e Felipe Vizeu para buscar uma vitória no Allianz Parque. Ele sabe de sua importância nesse início de Brasileirão, mas divide os méritos com todo elenco e comissão.

- Evidente que estou contribuindo, mas não é só o meu trabalho. Os jogadores, a comissão, todo mundo participa. Respeitando a história do clube, a cultura do clube. Respeitamos o adversário também. Essa é a melhor maneira de conquistar as vitórias. Apesar do pouco tempo de trabalho, os jogadores tem assimilado muitas coisas - explica o treinador, que evita pensar em estatísticas.

- Os números são relativos, não dá para saber o amanhã. Não temos a pretensão de sermos campeões dos números, e sim campeões do Brasileirão. Se marcarmos mais gols do que sofremos, a tendência é comemorar no fim do ano.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance