Após ouro olímpico, Rodrigo Caio e Gabigol se reencontram no Flamengo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após ouro olímpico, Rodrigo Caio e Gabigol se reencontram no Flamengo

Seleção Brasileira de futebol - ouro
Jogadores brasileiros celebram conquista no pódio, no Maracanã (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)
LANCE! - 09/01/2019 - 07:40
Rio de Janeiro (RJ)
O Flamengo terá, em 2019, um reencontro do atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, e do zagueiro Rodrigo Caio. Os jogadores, que estarão lado a lado no Rubro-Negro, estiveram juntos em um momento histórico há dois anos e meio. Eles integraram a Seleção Brasileira que chegou ao topo do pódio nos Jogos Olímpicos Rio 2016, título até então inédito.

Criado nas categorias de base do São Paulo, Rodrigo Caio formou dupla de zaga com Marquinhos, enquanto Gabigol, da base do Santos, esteve no setor ofensivo ao lado de Gabriel Jesus e Luan. Os dois eram titulares na equipe comandada por Rogério Micale e que contava ainda com nomes como Neymar, Renato Augusto e Rafinha Alcântara.

Durante a vitoriosa campanha, o Brasil empatou com a África do Sul e o Iraque  em 0 a 0 e venceu a Dinamarca por 4 a 0, ainda pela fase de grupos. Nas quartas, triunfo sobre a Colômbia por 2 a 0. Na fase seguinte, 6 a 0 sobre Honduras. Na final, vitória sobre a Alemanha, nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal.


E MAIS:
Com 25 anos, Rodrigo Caio assinou com o Flamengo até dezembro de 2023, em uma negociação que envolveu 5 milhões de euros (cerca de R$ 22,2 milhões) - Rubro-Negro adquiriu 45% dos direitos do jogador. Já Gabigol, chega por empréstimo junto à Inter de Milão, da Itália, clube que detém os direitos do atacante.

Até o momento, apenas Rodrigo Caio foi anunciado oficialmente. Porém, na noite da última terça-feira, um vídeo de Gabigol com a camisa do Flamengo e mandava um recado à torcida, vazou. Além disso, O Cruzeiro aceitou as condições do Rubro-Negro e Arrascaeta é esperado no Rio de Janeiro em breve para assinar contrato.

O clube ainda está no mercado atrás de um lateral-direito e um atacante que jogue pelos lados. Neste último, há conversas bem avançadas por Bruno Henrique, do Santos.

Facebook Lance Twitter Lance