Ainda sem levar gols, Fla de Salles pode ter que evoluir com novo ataque
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ainda sem levar gols, Fla de Salles pode ter que evoluir com novo ataque

  •  Fluminense x Flamengo - Everton Ribeiro
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Fluminense x Flamengo - Marcos Paulo
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: Marcelo de Jesus / RAW-IMAGE)
  •  Fluminense x Flamengo - Frazan
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: Marcello Dias/Eleven)
  •  Fluminense x Flamengo - Diego Alves
    Imagens de Fluminense 0x0 Flamengo (Foto: Magalhães Jr/ Photopress)
LANCE! - 10/06/2019 - 06:50
Rio de Janeiro (RJ)
No clássico contra o Fluminense, Diego Alves salvou o Flamengo em uma noite ruim coletivamente. Mas, se a situação for analisada com o "copo meio cheio", o empate em 0 a 0 marcou o terceiro jogo dos três sob o comando de Marcelo Salles sem sofrer gols. 

Com a fraca atuação no Maracanã, sobretudo na etapa final, o Flamengo chegou a 14 pontos e viu a diferença para o líder Palmeiras acentuar. E a equipe rubro-negra terá que evoluir quanto à atuação no clássico para criar mais oportunidades e errar menos quando tiver a bola nos pés - foram 48 passes errados e apenas 281 corretos, de acordo com o Footstats. 

> Confira aqui a tabela do Campeonato Brasileiro 



Por mais que Diego não estivesse numa noite inspirada, o Flamengo encontrou mais dificuldades quando ele deixou o campo, no intervalo, por conta de dores na panturrilha. Ele passou a ser dúvida para quarta, contra o CSA, em Brasília.

- Foi uma situação de lesão que não sabemos ainda se é importante ou não. É um jogador que faz falta em qualquer equipe. Quando perdermos o Diego, que é nosso cérebro junto com o Everton, perdemos a situação da posse de bola. Não tínhamos um meia que pudesse fazer essa função. O Everton ficou sobrecarregado - disse Marcelo Salles, em entrevista coletiva. 

Como citado por Salles, Everton ficou sobrecarregado na criação, já que não viu aproximação no setor - Willian Arão ficou mais atrás e não houve sintonia com Bruno Henrique, Berrío e, no fim, Vitinho.

Caso Diego não atue na quarta, é provável que o Flamengo atue novamente com dois pontas velocistas, mudando a maneira de o time atacar desde o primeiro minuto. Lição: não poderá perder o controle do jogo novamente. 

- A ideia (com Berrío) era colocar o Everton por dentro para ter condição de achar jogadores de lado. Queria também prender um pouco o Rodrigo Caio e usar as diagonais. Infelizmente, giramos pouco a bola. Fizemos muitas jogadas individuais, que não é o que eu queria. Quem perde o controle da bola, perde o controle do jogo - completou o treinador interino. 

Os ajustes terão que ser feitos em apenas dois dias, já que o confronto com o CSA será às 21h30 desta quarta. Com um novo ataque ou não, a oportunidade será boa diante do penúltimo colocado e pior ataque do Brasileirão, no jogo que marcará a passagem de bastão para Jorge Jesus.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance