Volante de origem, Bruno Silva pode jogar em função diferente no Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Volante de origem, Bruno Silva pode jogar em função diferente no Cruzeiro

Bruno Silva - Botafogo
Destaque no Botafogo em 2017, o jogador deve se apresentar ao Cruzeiro na tarde desta quinta-feira (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
LANCE! - 04/01/2018 - 15:30
Belo Horizonte (MG)
Apesar de Fred chegar ao Cruzeiro com moral de grande reforço para 2018, os holofotes também cercam o volante Bruno Silva. Pelo Botafogo, o jogador faturou o prêmio Craque do Brasileirão, da Confederação Brasileira de Futebol e foi destacado pela mídia no final da última temporada. Com a camisa do Alvinegro, durante a Série A, Bruno Silva participou de 34 jogos, marcou seis gols e deu cinco assistências. Na Libertadores, entrou em campo 13 vezes e balançou as redes uma.

E não é apenas a torcida que está empolgada com a chegada do meio-campista. Em análise do perfil do jogador, que foi escolhido a dedo pela comissão técnica, Mano Menezes afirmou que as características diferentes dos demais colegas de posição, farão com que Bruno Silva seja utilizado em outros setores se houver necessidade.

- Penso que Bruno Silva foi um dos principais jogadores do futebol brasileiro no ano passado em sua função. Nós tínhamos algumas questões claras que precisávamos decidir, tínhamos de optar pela compra do Hudson ou não, mas tínhamos jogadores muito parecidos na função em termos de característica. Então era importante ter um jogador como ele (Bruno Silva), com força física, que joga de área a área e passa pela beirada do campo diferente de outros jogadores que temos - declarou.

O comandante azurra também relembrou a primeira tentativa da Raposa em trazer o o volante. De acordo com Mano, o jogador tem o perfil necessário para fortalecer a equipe na disputa de torneios importantes, como a Libertadores, que começa no dia 27 de fevereiro para o Cruzeiro, que enfrenta o Racing às 21h, na Argentina.

- Fui um dos que, no outro ano, já havia tentado viabilizar essa negociação, mas não foi possível. Acho importante a gente ter mais um jogador que disputou a Libertadores no ano passado, tem a experiência da competição e vem com a característica de disputa mais forte. Quero o time um pouquinho mais forte na disputa da Copa Libertadores de 2018. Vamos jogar uma competição tão importante como essa e tentamos reforçar o elenco com tais característica - apontou o treinador.

Apesar de não ter se apresentado junto ao restante do elenco na tarde de quarta-feira, a expectativa é de que Bruno Silva esteja na atividade desta quinta, na Toca da Raposa II. Para liberar de vez o atleta, o Botafogo aguarda o depósito de R$ 4 milhões, referentes à venda de 40% dos direitos econômicos do jogador, e o atacante Roni.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance