Thiago Neves dedica gol a Itair, é criticado, mas ignora contestações
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Thiago Neves dedica gol a Itair, é criticado, mas ignora contestações

Cruzeiro x Ceará Thiago Neves
Gol 200 da carreira de TN10 foi dedicado a dirgente do Cruzeiro acusado de irregularidades financeiras-Mourao Panda/Ofotografico/Lancepress!
Valinor Conteúdo - 04/06/2019 - 17:10
Belo Horizonte
Apesar dos momentos turbulentos que o Cruzeiro vive devido às denúncias de irregularidades financeiras, o vice-presidente de futebol Itair Machado tem encontrado apoio. Pelo menos com o meia Thiago Neves que dedicou seu 200º gol na carreira ao dirigente nas redes sociais. O tento, marcado diante do São Paulo teve dedicatória especial para Itair, uma dos alvos das investigações no clube celeste.

-Tínhamos prometido a vitória para uma pessoa que sempre nos apoiou, pena ela não ter vindo, mas dedico a você esse gol meu amigo Itair Machado (sic)- escreveu nos stories do Instagram.

O fato gerou muita polêmica nas redes sociais, com Thiago sendo criticado pelo ato.Ainda assim, TN10 reforçou a amizade com o dirigente e reiterou o apoio a Itair Machado.





E MAIS:
-Me ligaram para falar que a publicação não tinha sido legal, que vários torcedores estavam incomodados. Para falar do Itair, eu estou aí desde que ele chegou, ele é meu amigo. Sempre foi meu amigo, sempre me tratou bem nos momentos ruins e bons aqui. Sempre esteve do meu lado, me ligou. Não só eu, se você chamar qualquer jogador aqui, todo mundo vai defender, porque ele sempre foi importante para gente, sempre dando um jeito de manter o salário em dia, premiações. O que vai acontecer eu não posso falar, eu não sei. Eu falo como amigo dele. Postei porque ele está triste. A esposa dele está triste e acabou de ter uma filha. Eu me preocupo assim como com outros amigos também. Por isso dediquei o gol a ele. Desde quando ele chegou sempre foi meu parceiro- disse o jogador, que ignorou as denúncias contra o dirigente.

Itair e a diretoria do Cruzeiro são investigados pela Polícia Civil de Minas por suspeitas de lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e falsidade ideológica, além de quebra nas regras da Fifa, da Confederação Brasileira de Futebol e do Governo Federal.



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance