Thiago Neves celebra marca e o poder decisivo do elenco da Raposa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Thiago Neves celebra marca e o poder decisivo do elenco da Raposa

Thiago neves - Cruzeiro
Thiago chegou ao Cruzeiro no inicio de 2017 - (Foto: Reprodução/TV Globo)
Valinor Conteúdo - 13/09/2018 - 20:17
Belo horizonte
A noite contra o Palmeiras foi especial para o meia Thiago Neves. Além da vitória na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, com grande participação em campo , o TN 30 chegou ao 100º jogo pela Raposa e se consolidou como uma das grandes referências da equipe em momentos decisivos.

Thiago Neves tem 29 gols assinalados e 16 assistências em duas temporadas pelo clube celeste. Ele celebrou a marca, mas não se esqueceu que o time ainda está em franca busca por seus objetivos na temporada.

- Fico muito feliz pela marca, especialmente num jogo importante como foi esse. Foi um jogo inesquecível para mim, mas mais feliz que os 100 jogos foi a construção dessa pequena vantagem que vamos levar para o Mineirão, pois sabemos que ainda faltam mais 90 minutos para confirmar nossa vaga e vai ser um jogo de volta bem complicado, disse.

O poder de decisão da Raposa é o ponto de maior destaque para Thiago na trajetória de 2018.

- É um time acostumado a decisões, a jogos difíceis como esse com o Palmeiras, mas a gente fez por merecer. O elenco ajuda demais, nos momentos difíceis temos jogadores que seguram a bola, cadenciam o jogo. Foi uma batalha difícil, mas conseguimos uma pequena vantagem, explicou.

O meia atacante descreveu o gol da vitória e o bom entrosamento do Cruzeiro na criação da jogada e no trabalho coletivo da equipe azul, citando o entendimento com Robinho.

- Acho que tenho preparado mais as jogadas do que as próprias assistências. Eu e Robinho estamos nos entendendo muito bem, vem dando certo em vários jogos, foi assim contra o Flamengo, com o Santos, vamos continuar nesse entrosamento que a tendência é só melhorar, destacou.

Falando sobre o gol, Thiago Neves lembrou da grande partida feita pelo centroavante Barcos. O craque não poupou elogios ao companheiro e revelou as conversas com o Pirata Azul antes da partida.

- A gente já havia falado com ele. O gol ia sair na hora certa, era só ter a cabeça boa. Ele sempre foi muito frio dentro da área, e agente já tinha falado para ele não mudar o estilo de jogo, que uma hora a bola ia entrar e aconteceu. Grande partida dele e um golaço também”, finalizou.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance