STJD analisa confusão no clássico mineiro; Galo e Raposa podem ser punidos com perda de pontos e multa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

STJD analisa confusão no clássico mineiro; Galo e Raposa podem ser punidos com perda de pontos e multa

Atualmente os clássicos entre Galo e Raposa são divididos na proporção de 90% de ingressos para o mandante e 10% são direcionados ao visitante
Tanto o Cruzeiro, quanto o Atlético-MG podem ser punidos pelo STJD- (Reprodução/TV Globo)
Valinor Conteúdo - 11/11/2019 - 21:43
Belo Horizonte
O clássico Cruzeiro e Atlético-MG foi insosso dentro de campo, mas cheio de confusões fora dele, com brigas no Mineirão e em outros pontos de Belo Horizonte, crime de injúria racial e discussões se o maior jogo de Minas Gerais deve voltar a ter torcida única.

Tabela
> Confira classificação e simulador do Brasileiro clicando aqui


Esse cenário nebuloso pode ganhar um capítulo novo com possíveis punições para Raposa e Galo. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD) está avaliando a analisando as ocorrências da partida, o que poderá acarretar em problemas para a dupla mineira.

Segundo o procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua, Cruzeiro e Atlético podem ser enquadrados no Artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que versa sobre "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em praça de desporto".


E MAIS:
O Cruzeiro, por ser mandante do jogo, poderá sofrer uma punição extra embasado no Artigo 211, que diz que a obrigação de "deixar de manter o local que tenha indicado para realização do evento com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização é do organizador."

Galo também pode receber punição individual

O Crime de injúria racial cometido por um torcedor do Atlético-MG pode render uma punição somente ao clube. O Galo pode ser enquadrado no Artigo 243-G que se refere a "praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência".

Caso o STJD acate às denúncias e puna os dois clubes, elas podem ser convertidas em multas de até R$ 100 mil, perda de mando de campo, perda de pontos, o que pode influenciar diretamente na briga de ambos contra o rebaixamento.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance