Sem Sóbis, Cruzeiro faz último treino antes da partida contra o Flamengo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sem Sóbis, Cruzeiro faz último treino antes da partida contra o Flamengo

Treinamento Cruzeiro
Arrascaeta pediu atenção ao time e alertou para a boa qualidade da equipe Rubro-Negra (Reprodução/Twitter)
LANCE! - 07/08/2018 - 14:27
Belo Horizonte (MG)
Contando as horas para a primeira partida da decisão das oitavas de final da Libertadores contra o Flamengo, o Cruzeiro realizou o último treinamento antes da partida. Ao contrário do realizado na última segunda-feira, o treino desta terça-feira foi aberto em parte da atividade e o principal destaque foi a ausência de Rafael Sóbis durante o trabalho.

Além da ausência do atacante, que levou uma pancada no tornozelo na partida contra o Vitória, o volante Lucas Romero também não fez parte da atividade por estar suspenso para a partida contra o Fla. Mano Menezes poupou todos os titulares e apesar da maioria dos trabalhos nos últimos dias serem fechados não devem ter surpresas na escalação.


O Cruzeiro deve ir à campo com o que tem de melhor. Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos. Quem corre por fora em busca de vagas na equipe titular são Rafinha, que foi testado por Mano no lugar de Robinho e Raniel que pode ser o atacante no lugar de Barcos.

Depois da partida contra o Rubro-Negro, a Raposa vai permanecer no Rio de Janeiro, pois tem jogo contra o próprio Flamengo no domingo, válida pelo Campeonato Brasileiro. Após as atividades desta terça, Arrascaeta conversou com a imprensa:

- Sem dúvida que gera uma expectativa muito grande, porque ganhar a Copa Libertadores pode significar muito para nós e para o torcedor celeste. O ânimo fica lá em cima para jogos como este. Precisamos manter a calma. - disse o meia, que complementou falando sobre as características dos cariocas:

- O Flamengo é um time muito qualificado, jogadores com um potencial muito grande, mas é importante nós estarmos focados, por isso vamos esperar pela maneira que o treinador vai nos mandar para o jogo. Tentaremos minimizar a característica positiva do adversário, jogadores que movimentam muito ou muito rápidos, e vamos, obviamente, criar as chances para sair de lá com o resultado positivo. - finalizou Arrascaeta.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance