Chegada de Sampaoli dificulta Saída de Bruno Henrique para o Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Chegada de Sampaoli dificulta Saída de Bruno Henrique para o Cruzeiro

Bruno Henrique
Bruno revelou desejo de jogar em BH, onde vive sua família e iniciou no futebol- (Foto: Ivan Storti/Santos)
Valinor Conteúdo - 18/12/2018 - 18:12
Belo Horizonte
O desejo do Cruzeiro em ter o atacante do Santos, Bruno Henrique, na temporada 2019, fica cada vez mais difícil. Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, o presidente do clube da Baixada, José Carlos Peres, disse que o novo técnico do Peixe, Jorge Sampaoli, pediu a permanência de Bruno no elenco do alvinegro praiano em 2019.

O pedido de Sampaoli afasta Bruno Henrique da Raposa, apesar e ter manifestado o desejo de voltar a Minas Gerais, onde vive a sua família.

- Faremos o possível para segurar Bruno Henrique. Ele tem que querer ficar no Santos. A família é de Minas Gerais, tem interesse na transferência para o Cruzeiro. Mas, o Sampaoli gosta do jogador e acha que futebol dele vai crescer. A ideia é manter para a próxima temporada, disse o presidente santista.




E MAIS:
No dia 8 de dezembro, de férias em Belo Horizonte, Bruno Henrique deu uma entrevista sobre sua vontade de estar perto dos familiares e que uma transferência para o Cruzeiro seria o ideal neste momento da carreira. é um dos jogadores que mais interessam ao Cruzeiro para a próxima temporada.

- Eu sou daqui de BH, tenho um sonho de jogar no time da minha cidade, e se isso acontecer vou ficar muito feliz, vou ficar mais perto da família e isso para o jogador é importante. Estou muito feliz, vou deixar nas mãos do meu empresário, do Santos, se acontecer vou ficar muito feliz, disse para a Rádio Itatiaia.

O Cruzeiro nunca escondeu o desejo de ter o jogador e sinaliza com frequência que pode ceder jogadores e dar uma parte em dinheiro ao Peixe para trazer Bruno à Toca da Raposa.

Bruno Henrique possui contrato com o Santos até 31 de janeiro de 2021. Os paulistas possuem 100% dos direitos econômicos do atacante, o que torna ainda mais difícil a negociação, pois o Santos pode pedir o valor integral dos direitos do jogador para liberá-lo.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance