Quase garantido na Série B de 2021, Cruzeiro já começa a pensar na próxima temporada
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Quase garantido na Série B de 2021, Cruzeiro já começa a pensar na próxima temporada

Sampaio Corrêa x Cruzeiro
A Raposa já está mais tranquila para pensar seu futuro em 2021, após derrotar o Sampaio Corrêa, fora de casa-(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 10/01/2021 - 17:55
Belo Horizonte
A vitória do Cruzeiro sobre o Sampaio Corrêa, na última sexta-feira, levou a Raposa aos 44 pontos e praticamente garantiu o time comandado por Felipão na Série B de 2021, já que o acesso é uma missão quase impossível. A pontuação é superior aos 41 marcados por Figueirense e Oeste em 2019, quando se salvaram.

A meta de não queda, sempre verbalizada por Felipão como prioridade, já que pegou a equipe na zona do rebaixamento quando assumiu, está praticamente garantida e já inicia um processo de planejamento do clube para a nova temporada, que deve ter grandes reformulações no elenco e talvez até na comissão técnica, já que Scolari, mesmo com contrato até 2022, não está garantido para seguir no time este ano.

Com mais cinco jogos a fazer no campeonato, contra Oeste, Juventude, Operário-PR, Náutico e Paraná, o projeto dentro da competição do Cruzeiro deve ser terminar a sua primeira participação na Série B pelo menos entre os 10 primeiros, amenizando uma campanha irregular e longe do que sonhava o torcedor celeste, que via o acesso como algo certo, já que é, de longe o maior orçamento da segunda divisão, mesmo passando por uma grave crise financeira.


VEJA COMO ESTÁ A TABELA DA SÉRIE B DO BRASILEIRO

E MAIS:
As mudanças já começaram com a chegada de André Mazzuco, novo diretor de futebol,que terá uma missão imediata: convencer Felipão a ficar. O treinador já dá indícios de insatisfação, principalmente com os atrasos salariais, que já acumulam duas folhas e meia não quitadas. Scolari quer mais segurança para o elenco trabalhar sem contratempos externos.

A segunda missão de Mazzuco é montar um elenco competitivo e que caiba dentro do orçamento do clube, que com a permanência na Série B, terá queda drástica em 2021. O centenário da Raposa será uma jornada de reflexões e mudanças para corrigir erros de anos das gestões passadas, que levaram um dos maiores vencedores do Brasil à sua pior crise em 100 anos de existência.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance