Pedro Rocha defende Mano e foca num bom jogo de ida diante do Inter
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pedro Rocha defende Mano e foca num bom jogo de ida diante do Inter

Pedro Rocha defendeu Mano Menezes na permanência no cargo de técnico do Cruzeiro
Pedro Rocha defendeu Mano Menezes na permanência no cargo de técnico do Cruzeiro-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 06/08/2019 - 07:05
Belo Horizonte
Sem tempo para descanso, os jogadores do Cruzeiro se reapresentaram na na Toca da Raposa 2, após a derrota no clássico para o Galo, pois nesta quarta-feira, 7 de agosto, o time terá seu compromisso mais difícil do ano, até então, quando receberá a equipe do Internacional, no Mineirão, para a partida de ida da semifinal da Copa do Brasil.

O atacante Pedro Rocha, em entrevista coletiva, falou sobre a importância de se vencer a primeira partida e levar uma vantagem na bagagem para Porto Alegre. O camisa 32 celeste afirmou que voltar a vencer diante do torcedor pode trazer a confiança de volta à equipe que está há quatro jogos do heptacampeonato da competição.

-Precisamos voltar a vencer e se for na quarta-feira será excelente. Foi como na volta da parada para a Copa América. Vencendo em casa, diante do nosso torcedor, vamos ter uma confiança a mais para a sequência, conquistando vantagem para o jogo de volta-complementou. reforçando em seguida a necessidade de um bom resultado para colocar o time de volta aos trilhos.




E MAIS:
-A gente vai concentrar antes e pode ser importante em um momento como este. Vamos ter chance de conversar de forma mais aberta, colocar as coisas no trilho, acertar tudo que precisamos acertar.

Questionado durante a entrevista sobre a permanência do técnico Mano Menezes no cargo, o atacante foi taxativo ao reafirmar a confiança dos jogadores e da diretoria no trabalho do treinador. Pedro Rocha falou da experiência e liderança do técnico à frente da equipe e citou que ele está próximo de conquistar o terceiro título nacional em sequência pelo Clube, algo muito difícil de acontecer.

-O Mano teve uma conversa boa com a gente depois do clássico. E vamos conversar mais. Ele é um grande treinador, está aqui há bastante tempo, tem o grupo na mão, conhece bem o Clube. E é o pior momento dele aqui, uma situação difícil, mas temos de frisar também que estamos a quatro jogos do tri da Copa do Brasil. E isso nos motiva, nos deixa animados para trabalhar. Ele sabe como lidar com esse tipo de situação e estamos juntos com ele. Temos parcela de culpa, não estamos rendendo o que ele nos passa, mas juntos vamos conseguir colocar o Cruzeiro lá em cima novamente- finalizou.

Cruzeiro e Internacional entram em campo às 21h30, no Mineirão. O jogo de volta será no dia 4 de setembro, no Beira Rio, em Porto Alegre.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance