Jogadores do Cruzeiro saem chorando de campo pela eliminação
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Jogadores do Cruzeiro saem chorando de campo pela eliminação

Cruzeiro x Boca
Arbitragem de Andrés Cunha foi muito contestada pelo Cruzeiro- Vinnicius Silva/Cruzeiro
Valinor Conteúdo - 05/10/2018 - 00:04
Belo Horizonte
A decepção foi a tônica dos jogadores do Cruzeiro ao término da partida que eliminou o time azul da Libertadores. O empate por 1 a 1 contra o Boca e a consequente saída da competição levou às lagrimas jogadores experientes como Robinho e Thiago Neves.

- O choro do Thiago e do Robinho é o choro de todos nós. Decepção por não conseguir passar para a semifinal. O time jogou bem hoje. Nos doamos e entregamos ao máximo, mas não conseguimos. O torcedor está de parabéns. Temos que elogiar e dar parabéns. O sentimento é de decepção total, disse o lateral Edílson.

A equipe brasileiro reclamou muito da arbitragem do uruguaio Andrés Cunha, que apitou uma semifinal de Copa do Mundo, por ter segurado muito a equipe celeste com muitas faltas marcas e nos lances polêmicos não ter pedido a presença do VAR em nenhum momento.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance