Henrique cita falta de criatividade como fator decisivo para derrota
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Henrique cita falta de criatividade como fator decisivo para derrota

Fábio - Palmeiras x Cruzeiro
A Raposa, do goleiro Fábio, sofreu a nona derrota seguida na competição nacional- (Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium)
Valinor Conteúdo - 14/09/2019 - 21:29
Belo Horizonte
O Cruzeiro não tem nem um gol marcado por partida de média no Brasileiro deste ano. Foram 16 tentos anotados em 19 jogos. Esse poderio limitado do ataque estrelado, que possui em seu elenco nome badalados como Fred, Sassá, Pedro Rocha, Thiago Neves, não consegue balançar as redes dos rivais.

Contra o Palmeiras, neste sábado, 14 de setembro, no Allianz Parque, mais uma vez o ataque cruzeirense foi inoperante. Até teve algumas chances de marcar no primeiro tempo, mas o problema crônico de falta de criatividade foi visto mais vez na equipe mineira.



E MAIS:
O capitão do Cruzeiro, Henrique, lamentou a derrota, tentou ver lados positivos na atuação do time, mas reconheceu que faltou ser mais agudo no ataque.

-Claro que quando está jogando bem, criando chances, tivemos chances de fazer o gol. No fim, você sofre gol. No momento que está passando, acaba sentindo. Mas não podemos sentir, nos abater com o gol tomado. Temos que ter força para sair disso. Claro que faltou criar mais. Cruzeiro deu uma evoluída, no sentido de querer mais. Vamos buscar, trabalhar bastante. Confiar. A nuvem não é eterna na nossa cabeça. Ela vai ter que sair uma hora. E vai sair com todo mundo trabalhando, se empenhando-disse.

O Cruzeiro vai tentar a reabilitação no Brasileiro, no dia 21 de setembro, sábado, no Mineirão, contra o lider Flamengo. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance