Cruzeiro vê dificuldade em negócio por Hudson, mas crê na permanência de Diogo Barbosa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cruzeiro vê dificuldade em negócio por Hudson, mas crê na permanência de Diogo Barbosa

Hudson e Diogo Barbosa
Hudson e Diogo Barbosa são os nomes da vez na lista de renovações da próxima diretoria (Foto: Washington Alves / Light Press)
LANCE! - 09/11/2017 - 15:42
Belo Horizonte (MG)
Já definida, a nova diretoria do Cruzeiro, que assumirá a frente do clube no próximo ano, dá os primeiros passos para manter os jogadores que garantiram o penta da Copa do Brasil à Raposa. As bolas da vez são o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o volante Hudson. De acordo com o Superesportes, a permanência do defensor é quase certa, mas, para continuar contando com Hudson, o clube precisará tirar uma boa verba de seus cofres.

Caso queira comprar mais 25% dos direitos de Diogo Barbosa, o Cruzeiro terá que pagar 1 milhão de euros, cerca de R$ 3,5 milhões, para o banco BMG. O acordo entre os envolvidos determina que a compra pode ser feita a qualquer momento durante o vínculo do jogador com a Raposa, que termina em dezembro de 2018. Entretanto, o Banco já informou ao clube que venderá o lateral se receber uma proposta de 7 milhões de euros.

Ainda de acordo com o veículo, Palmeiras e Flamengo têm interesse na contratação do lateral, entretanto, o Cruzeiro crê que o bom relacionamento com o BMG pode facilitar a permanência de Diogo Barbosa. A princípio, o plano na nova gestão é comprar os 25% dos direitos do atleta e dividir o valor em dez parcelas mensais. Nesta temporada, o defensor entrou em campo 58 vezes pelo time celeste e marcou um gol.

A situação do volante Hudson é mais complexa. Segundo a apuração, a Raposa terá que pagar 1,5 milhão de euros, aproximadamente R$ 5,7 milhões, por 50% dos direitos econômicos do jogador. Por conta do alto valor e pela quantidade de jogadores da posição que estão disponíveis no time, a diretoria ainda analisa a compra, pondo em pauta também o salário do jogador, que supera R$ 200 mil, e o fato de que Hudson está prestes a completar 30 anos, o que dificultaria sua venda para o exterior.

O volante teve papel essencial na conquista do título da Copa do Brasil, marcando gols importantes na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, pelo jogo de ida da quarta fase, e no triunfo por 1 a 0 sobre o Grêmio, na volta das semifinais. Na decisão contra o Flamengo, Hudson ainda marcou um dos pênaltis que foram convertidos no penta da Raposa. Se renovar com o Cruzeiro, o jogador deve estender seu vínculo até 2020.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance