Briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás deixa dois baleados
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás deixa dois baleados

A polícia prendeu os "brigões" que se enfrentaram depois do jogo entre Raposa e Esmeraldino, no Mineirão
A polícia prendeu os "brigões" que se enfrentaram depois do jogo entre Raposa e Esmeraldino, no Mineirão- Divulgação/PMMG
Valinor Conteúdo - 06/05/2019 - 14:50
Belo Horizonte
Um confronto entre torcedores de Cruzeiro e Goiás em Sete Lagoas, Região Central de Minas Gerais, deixou duas pessoas baleadas segundo informou a Polícia Militar (PM) nesta segunda-feira, 6 de maio.

A polícia mineira afirmou que o conflito aconteceu na noite domingo, 5 de maio, após o jogo entre mineiros e goianos pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, com vitória do Cruzeiro por 2 a 1. A PM explicou que a briga foi marcada por um aplicativo de mensagens.

Pedro Marcelino Gonçalves e Edmar Silva dos Reis, torcedores do Cruzeiro, foram baleados no tórax e levados para o hospital municipal de Sete Lagoas, sendo um deles em estado grave.


E MAIS:
De acordo com a Polícia Militar, um ônibus e cinco vans com torcedores goianos foram abordados e atacados por integrantes de uma organizada do Cruzeiro com paus e pedras. Os goianos reagiram e acabaram baleando os dois rapazes cruzeirenses.

Ao ser acionada, a PM fez uso de balas de borracha e bombas de efeito moral para conter o confronto. Na ação, a PM disse que havia mais de 150 pessoas envolvidas na confusão.

A PM prendeu 31 cruzeirenses, enquanto outros 20 torcedores do Goiás foram detidos pela Polícia Rodoviária Federal(PRF), porém no início da manhã de segunda-feira, foram todos liberados.



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance