Cruzeiro aprova plano e deve ir ao mercado buscar R$ 300 milhões
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cruzeiro aprova plano e deve ir ao mercado buscar R$ 300 milhões

Zze
A diretoria do Cruzeiro conseguiu 314 votos, quase o total de conselheiros, para seguir com o plano de viabilização econômica do clube- Divulgação Cruzeiro
Valinor Conteúdo - 12/02/2019 - 15:41
Belo Horizonte
A diretoria do Cruzeiro conseguiu aprovar junto ao Conselho Deliberativo da Raposa, um plano de viabilidade econômica para buscar soluções financeiras para sanar as dificuldades financeiras que o clube vem passando nos últimos anos.

Os conselheiros aprovaram, de forma quase unânime, a possibilidade do Cruzeiro ir ao mercado para conseguir um empréstimo no valor de R$ 295 milhões com um fundo financeiro internacional da Inglaterra. Esse dinheiro visa equacionar e equilibrar boa parte dos débitos da Raposa com credores de várias origens, clubes, jogadores e FIFA.

Os juros sobre o empréstimo serão de 8,2% ao ano e o clube mineiro vai pagar sete parcelas de R$ 53, 2 milhões ao fundo inglês, totalizando R$ 372,4 milhões. Dos 316 conselheiros, apenas dois foram contra o acordo com a instituição financeira.

Na assembleia do conselho com a diretoria, estiveram presentes o presidente do clube, Wagner Pires de Sá, membros da diretoria, sócios do clube e ex-presidentes da Raposa.

O plano apresentado ao conselho celeste é usar o dinheiro para quitar débitos com clubes, jogadores e empresários, colocando o passivo do clube em apenas um pacote de dívidas, além de ajustar o déficit mensal de R$ 7 milhões, como foi relatado na reunião com o conselho. i

- O empréstimo vai ser em torno de R$ 300 milhões, com um ano e meio de carência, com juros que estamos pagando agora, de 1.6% para 0.86% por mês, o que dá uma economia fantástica. E o pagamento em sete parcelas semestrais, em parcelas razoáveis para se compor e ir se consolidando-disse o vice financeiro Dalai Rocha.


E MAIS:
O presidente do clube, Wagner Pires de Sá, falous sobre o plano e o acerto com os conselheiros de sempre ser transparentes nas ações que terá no clube.

- A partir de agora, os conselheiros vão saber de tudo que estamos fazendo, o Cruzeiro está demonstrando ao próprio país e ao futebol brasileiro que a gente tem condição de sair dessa dívida constante que passa o futebol. Se continuarmos da maneira que está, teremos dois ou três times muito bem na fita e os demais pedindo, com o pires na mão. Apesar de eu ter nome pires no nome, vou ser se tiro ele da mão, deixar só no sobrenome. O que nós fizemos foi exatamente isso. Estamos negociando com empréstimos, com financiamentos internacionais com taxas de juros baixíssimas, aproveitando o que eu chamo de 'efeito Bolsonaro', ou seja, o mundo está começando a olhar para o Brasil com outros olhos. O dinheiro que sempre foi arredio durante alguns anos no nosso governo, que não tinha confiança na legislação, não tinha confiança na capacidade de pagamento do Brasil, hoje eles demonstraram e tem hoje confiança, principalmente no Cruzeiro Esporte Clube, que é o maior patrimônio que nós temos hoje, que é essa camisa azul e essa camisa cinco estrelas. Por isso, estamos conseguindo financiamentos com condições excepcionalmente benéficas para o clube, vamos trocar dívidas que temos internamente com taxas de juros internas altíssimas, que chega em uma média de quase 2% ao mês, por uma de 0.68%, então foi uma grande vitória e graças a Deus nós tivemos a aprovação unânime do conselho. Na verdade, teve um voto contra. Dois. É bom isso, porque toda unanimidade é burra- disse o presidente.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance