Após imbróglio, FMF confirma Campeonato Mineiro Feminino
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após imbróglio, FMF confirma Campeonato Mineiro Feminino

Os clubes e a FMF entraram em acordo sobre a realização do Mineiro
Os clubes e a FMF entraram em acordo sobre a realização do Mineiro- (Divulgação)
Valinor Conteúdo - 04/09/2019 - 19:41
Belo Horizonte
Após impasse entre clubes e a Federação Mineira de Futebol (FMF), a entidade que rege o futebol em Minas Gerais confirmou a realização do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino 2019 e sua fórmula de disputa.

Serão sete clubes que vão tentar se tornar o melhor do estado do dia 28 de setembro.

América, Atlético, Cruzeiro, Ipatinga, Futgol, Valadares e Minas Boca são os times que confirmaram a participação na competição. O Mineiro feminino será disputado em turno único com seis rodadas, com os quatro melhores se classificando às semifinais, em dois jogos, e depois, o título será decidido em final única. O América de Teófilo Otoni não confirmou sua presença no torneio, deixando o campeonato com um número ímpar de participantes.


E MAIS:
O Campeonato Mineiro Feminino terá transmissão pela TV FMF na internet, via plataforma MyCujoo. Os times envolvidos no Campeonato Mineiro Feminino souberam que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai realizar um evento dedicado ao futebol feminino no dia 30 de novembro, em Belo Horizonte, o que dará mais visibilidade à competição, que conhecerá seu grande campeão no Mineirão, ou no Independência. 



-O Cruzeiro aceitou a imposição da Federação, sem nenhuma ajuda de custo. A CBF vai fazer um evento sobre futebol feminino e vão utilizar dessa data pra fazer a final do Campeonato Mineiro num estádio de grande porte- disse Bárbara Fonseca, coordenadora de futebol feminino da Raposa.

Quase que a bola não rola

Por pouco o Mineiro Feminino 2019 não sai do papel. Uma disputa entre a FMF e os clubes quase inviabilizou o torneio, pois a federação estava impondo uma cobrança de taxas referente à arbitragem, o que não agradou aos clubes.

Após negociarem, a entidade e os times se acertaram e as agremiações toparam arcar com os os custos da estrutura de arbitragem.

-O Atlético quer participar e, para isso, tem que financiar a arbitragem para viabilizar o Campeonato Mineiro. Os clubes precisam desse calendário- disse Nina Abreu, coordenadora do Atlético.

O América é o atual campeão estadual e agora vê os dois grandes da capital, Galo e Raposa, buscando quebrar a hegemonia das Coelhas.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance