Internacional perde para o CRB e continua fora do G4 da Série B
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

CRB

Internacional perde para o CRB e continua fora do G4 da Série B

  •  CRB  x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Pei Fon
  •  CRB x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Divulgação
  •  CRB x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Divulgação
  •  CRB x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Divulgação
  •  CRB x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Divulgação
  •  CRB x Internacional
    CRB 2 x 0 Internacional: as imagens da partida no Rei Pelé Divulgação
LANCE! - 15/07/2017 - 18:47
Maceió (AL)
Em mais uma tarde assombrada pelo azar do Internacional, o CRB aproveitou com maestria as oportunidades em campo, venceu a equipe comandada por Guto Ferreira, com gols de Diego e Neto Baiano, e chegou à zona do acesso para a Série A, agora com 23 pontos. O Colorado, por sua vez, continua fora do G4.

Nos minutos iniciais, as equipes apresentaram apenas um modesto futebol, sem muita qualidade técnica. Poucas chances de gol foram criadas e a primeira jogada de risco veio aos 18 minutos, aos gritos da torcida alagoana. Diego passou por Cláudio Winck e cruzou na cabeça de Danilo Pires, que mandou a bola para fora. O CRB voltou a pressionar com Flávio Boaventura, que também tentou o cabeceio, mas errou a bola, aos 24 minutos.

A primeira boa chance do Internacional veio aos 26 minutos. D'Alessandro apareceu determinado para cobrar o escanteio, mandou para Nico López, que cruzou para Charles abrir o placar com um cabeceio, mas Edson Kolln estava atento e conseguiu evitar o gol colorado. Se mostrando mais forte em campo, o CRB continuou partindo para cima dos visitantes e, em uma bela jogada, Diego tabelou com Zé Carlos, ignorou a presença de Cláudio Winck e, esbanjando talento, mandou a bola para o fundo das redes do goleiro Danilo. A partir daí, foi festa da torcida até o apito final.

O Inter, que deveria ter voltado para a segunda etapa buscando incansavelmente o empate, não conseguiu reagir e ficou durante um bom tempo se esforçando apenas para não levar mais um gol. A equipe gaúcha só conseguiu voltar a aparecer no campo adversário quando Uendel mandou a bola na direção de Edson, após passe de Winck, que logo em seguida tentou empatar, mas sem sucesso. Sem receber pressão, o CRB quase fez o segundo aos 14 minutos, quando Edson Ratinho recebeu na cara do gol e chutou cruzado. Deu azar. A bola bateu na trave e saiu.

Apesar de o jogo ter sido parado por inúmeras discussões entre jogadores, o primeiro cartão amarelo por esse motivo, só foi dado aos 21 minutos para Zé Carlos, após um início de confusão com Pottker. Logo em seguida, Klaus também foi punido, por conta de um carrinho por trás em Erick Salles. Mais uma chance para o CRB apareceu aos 30 do segundo tempo. Após a cobrança de uma falta curta, Chico tocou de calcanhar para Neto Baiano, que soltou uma bomba em direção ao gol colorado, mas a bola apenas tirou uma lasca do travessão.

Tudo podia ter sido mudado aos 42 minutos. Dentro da área adversária, Edenílson recebeu de Carlos e chutou, mas a bola parou no braço de Adalberto. Pênalti claro, mas não na visão de Héber Roberto Lopes, que seguiu o jogo. Após o erro, Neto Baiano aproveitou a brecha deixada pelo Inter para cabecear a bola enviada por Edson Ratinho. Gol do CRB. Nem os cinco minutos de acréscimos serviram para ajudar o Colorado, que vê o acesso ficar cada vez mais distante.

Enquanto isso, o CRB sobe duas posições na tabela, agora com 23 pontos e garante a quarta colocação. A equipe volta aos gramados na próxima terça-feira, para enfrentar o Juventude, no Alfredo Jaconi. Já o Internacional, encara o Luverdense no mesmo dia e volta a buscar uma vitória no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA:

CRB 2 X 0 INTERNACIONAL


Local:
Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 15 de julho de 2017, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock e Johnny Barros de Oliveira (Ambos de SC)

Cartões amarelos: Neto Baiano (CRB); Klaus Victor Cuesta

Gols: Diego, aos 44 minutos do primeiro tempo, e Flávio Boaventura aos 44 minutos do segundo tempo

CRB: Edson Kölln; Adriano, Flávio Boaventura, Adalberto, Diego; Yuri, Danilo Pires (Tony), Edson Ratinho, Chico; Erick Salles (Rodrigo Souza) e Zé Carlos (Neto Baiano).
Técnico: Dado Cavalcanti

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Carlos), Klaus, Victor Cuesta, Uendel; Edenílson, Charles, Felipe Gutiérrez, D’Alessandro (Juan); Nico López (Juan) e William Pottker.
Técnico: Guto Ferreira


icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance