Tempo de jogo, maturidade e família: Pedrinho ganha força no Corinthians
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Tempo de jogo, maturidade e família: Pedrinho ganha força no Corinthians

  •  Pedrinho, do Corinthians
    Pedrinho é uma das grandes promessas do Corinthians para o futuro (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Pedrinho, do Corinthians
    Pedrinho, em treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Pedrinho Corinthians x Bragantino
    Pedrinho marcou contra o Bragantino Daniel Augusto Jr
  •  Treino Corinthians - Pedrinho
    Pedrinho, em treino do Corinthians (Foto: Daniel Vorley/AGIF/Lancepress!)
  •  Pedrinho Corinthians
    Jovem comemora gol pelo Timão Daniel Augusto Jr
  •  Pedrinho, do Corinthians
    Garoto em treino no CT (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Pedrinho, do Corinthians
    Pedrinho, do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)
Marcio Porto - 14/04/2018 - 06:10
São Paulo (SP)
Um dos candidatos a revelação do Campeonato Brasileiro, o atacante Pedrinho nunca chegou a uma competição pelo Corinthians tão preparado como agora. Pedido recorrente dos torcedores que sonham em ver mais um garoto despontar pelo clube, o jogador que completou 20 anos na sexta-feira tem recebido tratamento especial do clube e reúne fatores que podem deixar a Fiel com a esperança de que "agora vai". 

O primeiro semestre de 2018 foi de alta importância para o atacante. Após sofrer com um quadro de anemia devido a problemas para se alimentar, passou até a levar comida para casa, ganhou força e teve participação importante no time. Apesar de disputar apenas 231 minutos em nove jogos, nenhum como titular, tempo ainda considerado baixo, se destacou principalmente na fase de mata-mata do Campeonato Paulista. Fez um gol importantíssimo no jogo de ida das quartas de final contra o Bragantino, derrota por 3 a 2 que permitiu a virada na volta, e entrou bem na semifinal contra o São Paulo. Além de criar jogadas no tempo normal, bateu com personalidade uma das cobranças de pênalti que garantiu o Timão na final. 

Com os testes, a comissão técnica ganhou confiança para utilizar mais o atleta. O plano é observá-lo mais tempo nos primeiros jogos Campeonato Brasileiro. Não se surpreenda se ele atuar por mais tempo a partir de agora. O técnico Fábio Carille chegou a dizer que a molecada estava pedindo passagem e que, inevitavelmente, uma hora seria titular. Serviu primeiro para Mateus Vital, também de 20 anos, e contratado este ano do Vasco. Neste domingo, na estreia no Brasileiro, contra o Fluminense, Vital será titular e Pedrinho ficará no banco. Nada que desanime o atacante da base,

- Esse ano pude colaborar um pouco em até grandes jogos, ajudar de alguma forma. Fico feliz e tento em cada jogo incorporar cada vez mais, para ser importante nos títulos que conquistarmos - afirmou Pedrinho. 

Uma motivação a mais veio recentemente. A família do jogador, natural de Macéio, Alagoas, está em São Paulo desde a semana passada. Passaram o aniversário juntos. Além da mãe Luciana e do pai Pedro, estavam a irmã Luana e a namorada Layla. Pedro tem ido frequentemente aos treinos no CT Joaquim Grava e divide a rotina fora do campo. Antes, o atacante morava com um amigo, companheiro de base no Corinthians e que se transferiu para o Internacional. É comida da mamãe, é resenha com papai. Pedrinho está protegido.

- Trabalho para eles ficarem aqui. Meu amigo que morava comigo da base saiu, hoje já penso em deixar minha mãe aqui, meu pai, mas ele está trabalhando lá. Mas ele quer vir, porque me sinto bem melhor - contou Pedrinho.

Outra proteção vem do próprio grupo. É Emerson Sheik. O experiente atacante de 39 anos serve como guia para os mais jovens e tem dado conselhos a Pedrinho e Cia.

- O Sheik, todo mundo sabe o jogador que ele é, mas o que mais impressionou foi a humildade dele dentro de campo, o tratamento, parece que a gente conhece ele há cinco anos. Ele é muito importante para o futebol, e isso agrega muito para quem está começando agora - definiu. 

Pedrinho está mais forte e com fome de bola. A Fiel espera que o Brasileiro seja o de afirmação para o atacante.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance