Sornoza vê Timão na briga pelo título e festeja nova convocação no Equador
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sornoza vê Timão na briga pelo título e festeja nova convocação no Equador

Sornoza - Corinthians
Sornoza defenderá a seleção equatoriana no amistoso contra a Argentina (Foto:Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Yago Rudá - 03/10/2019 - 08:00
São Paulo (SP)
Convocado para defender a seleção equatoriana no amistoso contra a Argentina, dia 13 de outubro, o meio-campista Sornoza desfalcará o Corinthians em duas rodadas do Brasileirão (Athlético-PR e São Paulo), mas vê o Alvinegro em perseguição aos líderes e com possibilidades reais de brigar pelo título nacional no fim da temporada.

Antes do jogo contra a Chapecoense, vencido pelo Timão, por 1 a 0, o equatoriano atendeu a reportagem do LANCE! e falou sobre o momento do Corinthians na temporada. Apesar de reconhecer que o rendimento não é dos melhores dentro de campo, o camisa 7 do Alvinegro se mantém confiante e não joga a toalha.

- Vamos seguir batalhando pra alcançar as equipes que estão liderando. A vaga na Copa Libertadores será consequência se formos competentes até o fim da competição - pontuou o líder de assistências do Corinthians nesta temporada, com 11 passes para gols de seus companheiros.



Depois de não ter sido convocado para a disputa da Copa América, no meio deste ano, Sornoza voltou a ser chamado para defender a seleção de seu país. Na última vez em que teve a oportunidade de vestir a camisa do Equador, o corintiano fez um dos três gols que garantiram a vitória no amistoso contra a Bolívia e agora planeja continuidade. 

- Agora quero seguir em uma boa sequência pelo Corinthians e repetir as boas atuações da seleção. Estou muito feliz em fazer parte disso de novo - admitiu o jogador, que vê seu rendimento no futebol brasileiro como algo vital para permanecer sendo lembrado na seleção equatoriana.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui



E MAIS:
Sornoza, o Corinthians tem uma sequência grande fora de casa. Como o elenco tem se preparado para essa maratona longe de Itaquera?
- Nosso elenco é muito forte e trabalha muito bem para jogos fora de casa. O professor tem nos preparado. Não posso participar de alguns por causa dessa convocação, mas tenho certeza que meus companheiros farão grandes jogos.

Hoje, o Corinthians disputa apenas a Campeonato Brasileiro e está dentro do grupo dos quatro primeiros. O objetivo da equipe é a vaga direta na Copa Libertadores do ano que vem ou ainda dá para cogitar buscar os líderes Flamengo e Palmeiras?
- Vamos seguir batalhando pra alcançar as equipes que estão liderando. A vaga na Copa Libertadores será consequência se formos competentes até o fim da competição.

O Corinthians é muito criticado pela falta de ofensividade. Você é um dos responsáveis pelo setor criativo. Como você recebe essas críticas? E, na sua opinião, por que isso acontece?

- Entendo os torcedores, absorvo as críticas pra tentar evoluir. Tenho certeza que as coisas vão melhorar. Acredito que é o momento do time, a bola tem entrado com um pouco de dificuldade, mas estamos trabalhando pra corrigir.

Mais uma vez convocado para a seleção equatoriana. Na última vez que você jogou pela seleção do seu país marcou gol contra a Bolívia e agora volta a ser chamado. É o seu melhor momento na temporada?

- Com certeza. Agora quero seguir em uma boa sequência pelo Corinthians e repetir as boas atuações da seleção. Estou muito feliz em fazer parte disso de novo.

Facebook Lance Twitter Lance