Em primeiros testes de 2018, Carille tenta dar nova cara ao Corinthians
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em primeiros testes de 2018, Carille tenta dar nova cara ao Corinthians

Fábio Carille Corinthians
Carille cria alternativas para deixar Corinthians mais forte (Foto: Daniel Augusto Jr)
Marcio Porto - 10/01/2018 - 06:20
São Paulo (SP)
O Corinthians estreia nesta quarta na temporada 2018, no duelo contra o PSV (HOL) pela Florida Cup, em Orlando, nos Estados Unidos. Será o primeiro verdadeiro teste da equipe campeã paulista e brasileira, e marcará a tentativa do técnico Fábio Carille de dar outra cara ao Timão. Foi isso o que ele indicou nos primeiros treinos do ano.

Carille terminou a temporada 2017 convencido de que precisaria mudar o posicionamento de Jadson para 2018 e, consequentemente, o esquema do time. Preocupado com a condição física do atleta de 34 anos para fazer a função pelos lados, que exige muito, o comandante projetava deixar o 4-2-3-1 e implantar o 4-1-4-1, com o camisa 10 por dentro. É seu esquema preferido, utilizado por Tite na campanha do título brasileiro de 2015. Porém, Carille estava hesitante em fazer a troca.

Isso aconteceu quando ele soube das saídas do zagueiro Pablo e do lateral-esquerdo Guilherme Arana, após o Brasileiro. Na visão de Carille, seria complicado alterar um esquema perdendo dois jogadores da linha defensiva. Então, ele estava inclinado a iniciar o ano no 4-2-3-1.

Mas não foi assim. Desde que iniciou os treinos na quarta-feira da semana passada, reapresentação do elenco, Carille trabalhou em todas as atividades táticas no 4-1-4-1, com Jadson por dentro. Vale ressaltar que o Corinthians só não treinou com bola no primeiro dia de treinos. Nos demais, o técnico acelerou os trabalhos táticos, com o objetivo de potencializar o período curto de treinamentos na pré-temporada. O Timão estreia no Paulista na próxima quarta-feira contra a Ponte Preta, no Pacaembu. Terá feito menos de 20 sessões e treinamentos, número considerado muito baixo. 

Nesta quarta, contra o PSV, Carille deve começar o jogo com Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel; Romero, Rodriguinho, Jadson e Clayson; Kazim. No segundo tempo, deve trocar o time inteiro e, a priori, manter o esquema. A intenção é fazer com que os jogadores peguem a ideia de jogo do time o mais rapidamente possível, inclusive os reforços. É esperar para ver qual será a cara do Corinthians em 2018. 

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance