Corinthians melhora com Jair, mas terá de passar por teste de fogo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians melhora com Jair, mas terá de passar por teste de fogo

Corinthians x Inter
Fagner voltou bem ao time titular contra o Inter e será reforço na quarta (Foto: Gil Guzzo/Ofotografico)
Marcio Porto - 24/09/2018 - 06:25
São Paulo (SP)
O Corinthians apresentou melhora com Jair Ventura após quatro partidas do treinador no comando da equipe. Contra o Internacional, no último domingo na Arena, foi possível ver ideias e comportamentos diferentes do que vinha sendo aproveitado. No entanto, tudo será medido na quarta-feira para definir os rumos do fim de temporada do Corinthians. O Flamengo representará um teste de fogo para o início de trabalho do treinador. 

Até o momento, Jair encarou Palmeiras (0x1), Flamengo (0x0), Sport (2x1) e Inter (1x1). Resultados ainda regulares, mas postura diferente. A defesa, que sofreu três gols, sendo o do Inter irregular, passa mais segurança. Não à toa, segurou o poderio defensivo do Flamengo no Rio de Janeiro. Não se pode dizer que chega ao confronto mais importante do segundo semestre desacreditada, ainda mais com o retorno do importantíssimo Fagner. 

A estrutura tática do time também foi modificada e trouxe certo resultado. Contra o Inter, o Corinthians se defendeu na maioria do tempo com um 4-1-4-1 e atacou no 4-3-3, com Jadson sendo um falso nove. As chances não vieram em abundância, mas houve bons momentos. No primeiro tempo, Fagner apareceu na cara do gol, Douglas finalizou com perigo e Jadson também teve chance. O gol veio com Douglas, que é a aposta do treinador para dar mais força ao ataque vindo de trás. Jair manterá a formação contra o Flamengo? Ele disse que é possível. 


- Existe grande chance de eles jogarem, pode ser que temos que dar sequência. Fiz quatro jogos, quatro times diferentes. Não é o que eu gosto, o ideal, mas temos de ir buscando. Não posso repetir o que não vem me agradando. E se acharmos, depois olhando com calma, mas também podemos mudar. Pode ser, sim, que a gente comece com a mesma equipe. Vou estudar agora - afirmou. 

Foram apenas quatro jogos, mas já é possível ver o dedo do técnico no Corinthians. Ainda está longe de ser uma equipe que cause medo nos adversários, mas também não chega à semifinal desacreditada como estava com Osmar Loss. Como lembrou Jair, na quarta a Fiel estará ao lado. Terá o Corinthians força para bater o Flamengo e chegar à final? 

O título da Copa do Brasil parece mesmo a única chance de o Corinthians terminar o ano com uma boa notícia. No Brasileiro, a situação se complicou após o empate com o Internacional. O Timão ficou na 7ª colocação com oito pontos atrás do Atlético-MG, o primeiro da zona de classificação para a Libertadores. Então, é melhor Jair se acostumar: é quarta-feira que seu trabalho poderá fazer a diferença para o ano do Timão. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance