No Corinthians, Jair não descarta Jadson e exalta reencontro com Bota
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

No Corinthians, Jair não descarta Jadson e exalta reencontro com Bota

Jair Ventura
Jair Ventura comandou treino na manhã desta sexta (Foto: Rodrigo Gazzanel/RM Sports)
Guilherme Amaro - 02/11/2018 - 12:23
São Paulo (SP)
O elenco do Corinthians treinou na manhã desta sexta-feira, feriado do Dia de Finados, e o meia Jadson novamente não foi a campo. O jogador, porém, ainda pode ser utilizado pelo técnico Jair Ventura na partida contra o Botafogo, domingo, às 17h, pela 32ª rodada do Brasileirão.

Jadson se recupera de um edema na panturrilha direita e já foi desfalque contra o Bahia. Jair Ventura vai aguardar para ver se o meia pode ser liberado pelo departamento médico neste sábado, no último treino do Corinthians antes da viagem ao Rio de Janeiro.

- Treinador quer o jogador de qualquer jeito. Respeito todos os departamentos, vou esperar até o último minuto para ver se ele tem condições. Se o departamento médico liberar, vou levá-lo - afirmou Jair, em entrevista coletiva após o treino desta sexta.

Na atividade em campo desta sexta, o treinador também não pôde contar com Romero, que fez trabalhos internos. O paraguaio foi substituído por Clayson na equipe do treino, mas, segundo o Corinthians, não preocupa para a partida contra o Botafogo.

Com isso, o Corinthians vai a campo com: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Araos (Jadson) e Romero; Danilo.

Durante a entrevista coletiva, Jair também comentou a opção de escalar Araos de meia, a chance dada a Danilo e sobre o reencontro com o Botafogo. Veja abaixo:

REENCONTRO COM O BOTA
"Enfrentar o Botafogo vai ser diferente, o sentimento não dá para falar porque nunca aconteceu. Tenho uma gratidão muito grande pelo clube, que me formou como treinador. Cheguei em 2008 como estagiário, em 2009 fui efetivado, fiz algumas funções na comissão técnica até ser efetivado como técnico em 2016. São 99 jogos, quatro como interino. Um clube que me formou como treinador e como homem, minha mudança como pessoa. Vai ser gostoso reencontrá-lo"

"Não vejo vantagem, mudou bastante desde a minha saída, já é o quarto treinador. A gente sabe que cada treinador implanta alguma coisa diferente, tem suas ideias, não acho que eu levo vantagem"


DANILO

"Nessa disputa entre Roger e Danilo, um fez um gol e outro fez dois, então ele saiu na frente... Estou brincando. O Danilo importante, o Roger também foi contra o Vitória. Fico feliz pelo Danilo, falei na minha coletiva após o jogo que ele sempre respeitou e esperou a oportunidade dele, foi um dos poucos que ainda não teve oportunidade comigo desde o começo do jogo. Espero que ele possa render e nos ajudar"

ARAOS
"A gente quer que o jogador estrangeiro se adapte muito rápido, mas nem todos conseguem. O Romero ficou quatro anos aqui, tem muitos jogadores assim, principalmente jovens. Temos que ter paciência, ele vinha crescendo. O Araos é esse "médio": pode fazer o 10, o segundo homem de meio de campo ou até o terceiro. Ele prefere essa posição centralizado e vai ser utilizado caso o Jadson não se recupere. Ele pode jogar de segundo volante ou até primeiro, ele é bem versátil"

"Para poder ter um pouco mais de mobilidade, coloco o Araos por dentro mais próximo do Danilo. Ele centralizado, posso abrir o Pedrinho. O Araos não faz essa parte do corredor, o Pedrinho está mais adaptado a fazer esse externo, posição que ele mais jogou aqui no profissional. Por causa de uma carência, o Araos pode fazer esse 10 e nos ajudar no poder de marcação"


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance