Jadson celebra parceria com Sornoza e projeta duelo com o Santos na Vila
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Jadson celebra parceria com Sornoza e projeta duelo com o Santos na Vila

Jadson concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava
Jadson concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava (Reprodução/Twitter)
Yago Rudá - 11/06/2019 - 15:33
São Paulo (SP)
Em alta no Corinthians após uma sequência de três jogos seguidos, o meio-campista Jadson demonstrou satisfação ao comentar da parceria com Sornoza na criação das jogadas de ataque. Na próxima quarta, às 21h30, a dupla volta a trabalhar junta no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, e o camisa 10 do Timão falou sobre as mudanças que estão feitas na equipe. 

- O Carille tem procurado mexer na equipe para tentar melhorar a cada jogo. Sornoza vinha jogando mais do que eu, tive uma sequência agora. Colocou nós dois para jogar. Tem qualidade. Ainda falta um pouco de sintonia entre nós dois, mas estamos crescendo muito junto com a equipe - afirmou o meia, demonstrando que ainda há o que melhorar no meio de campo do Timão. 




Apesar da evolução e do bom momento do Corinthians, a comissão técnica ainda terá problemas para escalar o time par ao clássico com o Santos. Afinal, o técnico Fábio Carille tem cinco desfalques confirmados (Cássio, Fagner, Pedrinho, Mateus Vital e Michel Macedo) com a possibilidade de ganhar um sexto: o atacante Vagner Love. 

- Tem jogadores importantes que foram para a Seleção, Love ainda não sei se vai para o jogo ou não. Não fiquei sabendo de nada. Mas o Bruno Méndez (substituto de Michel Macedo na lateral direita) vem treinando bem todos os dias. Apesar de ter entrado como lateral, não é a posição dele, mas conseguiu ajudar a equipe da melhor maneira. Falta ritmo de jogo, ma se todos ajudarem, vai se dar muito bem - completou Jadson. 

O duelo com o Santos será o último antes da parada para a Copa América. A partida é válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro e o Corinthians do técnico Fábio Carille, mesmo recheado de desfalques, busca se aproximar dos líderes da competição.


E MAIS:
Momento delicado no Santos 
Futebol brasileiro é em cima de resultados. Às vezes temos de dar nosso melhor para conseguir os títulos, deve ser da mesma forma lá. jogar com pressão é mais difícil na minha opinião. É bem melhor ir para o jogo com a cabeça boa, mas não podemos cair nessa armadilha e achar que vai ser mais fácil porque eles estão pressionados. Eles vão querer ganhar da nossa equipe lá. Chance de encostar no grupo de cima. Tomara que a gente possa conquistar três pontos muitos importantes para a nossa caminhada.

Segundo jogo com o Santos pela semifinal do Paulistão 
Aquele jogo no Pacaembu eu estava no banco. Com certeza, a equipe do Santos teve mais posse, conseguiu criar bastante chances. Faltou ficar um pouco mais com a bola. Nesse jogo agora nossa equipe, desde o Flamengo, apesar de ter sido eliminado, estamos evoluído. Vamos chegar melhor, mais cascudos. Vai ser um jogo aberto, independente de jogar lá na Vila Belmiro. 

Parada para a Copa América 
Aqui no Corinthians, a comissão decidiu dar uns dias de folga. Vou pegar minha família. A gente acaba concentrando muito, fica longe. Ficamos a semana fora no jogo da Venezuela. Vou tentar aproveitar ao máximo meus filhos, minha esposa. E também continuar a sequência de treinos para voltar cada vez melhor. Quem sabe a gente possa chegar bem no Brasileiro e em outra competições.

Possibilidade de título no Brasileiro 
Acho que ainda tem muitas rodadas. Eles começaram muito bem, mas eu acho que nossa equipe tem que continuar fazendo o trabalho. Tentar sempre conseguir as vitórias. Pensar em estar somando para ficar entre os primeiros. Temos que continuar trabalhando com esperança de conquistar esse título também. 

Aproveitamento do Corinthians em clássicos 
São momentos à parte, rivalidade, apoio que a torcida nos dá. O ambiente é outro. A concentração é um pouco maior. Jogadores entram com outro espírito. Acho que tem que entrar em todos os jogos com esse espirito. Por isso que tem se dado bem. sempre são jogos difíceis. 

Possíveis saídas de jogadores
Não estou sabendo. Mas futebol é assim, sempre vai haver ofertas, especulações, acho que se for bom para o jogador e ele quiser ir, é opção dele. Mas os jogadores que ficarem têm de dar seu melhor. Com certeza um jogador indo embora vai gerar caixa para o clube e outros jogadores chegarão. Temos de ficar focados nos trabalhos e nas competições.

Artilharia da arena
Nunca fui de 'ter de ser artilheiro'. As coisas na minha vida sempre aconteceram naturalmente, trabalhando. Também tenho fé, acredito em Deus. Não imagina que seria o segundo artilheiro da Arena, faz um tempo que não faço gol, mas tenho trabalhado forte para desencantar novamente. Se aparecer oportunidades, ficarei feliz por ajudar o Corinthians.

Conversa com os mais novos
Tenho um relacionamento muito bom com todos os meninos, Pedrinho, Mateus, Clayson, os que subiram da base esse ano. Dou abertura para chegarem em mim, conversar, desabafar. Sou um cara muito extrovertido, brincalhão. Teve uma vez com o Mateus Vital que começamos a conversar sobre quando eu jogava na Ucrânia, Champions League... Com Pedrinho e Clayson não tive essa oportunidade


Facebook Lance Twitter Lance