Corinthians só fez três vezes no ano resultado que precisará no Equador
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians só fez três vezes no ano resultado que precisará no Equador

Carille Corinthians x Independiente
Corinthians, do técnico Fábio Carille, tenta feito no Equador  (Foto: Marcello Fim/O Fotográfico/Lancepress!)
Yago Rudá - 24/09/2019 - 14:29
São Paulo (SP)
A derrota em casa para o Independiente Del Valle, por 2 a 0, colocou o Corinthians em uma situação extremamente delicada na Copa Sul-Americana. Isto porque, o Timão precisa de um resultado histórico nesta quarta-feira, em Quito (EQU), para avançar à decisão do torneio internacional. Neste ano, no entanto, a equipe fez o placar que precisa para avançar sem a necessidade de pênaltis em apenas três oportunidades em 59 jogos.

Para superar a situação diante da equipe equatoriana e garantir vaga na final da Copa Sul-Americana, o Corinthians precisa vencer por três ou mais gols de diferença ou vencer por dois gols de diferença, mas com o Independiente del Valle também fazendo gols (3x1, 4x2, 5x3...). O problema é que isso tem sido muito raro para o time de Fábio Carille.

TABELA
> Veja como está o chaveamento da Copa Sul-Americana

Na temporada, o Timão conseguiu placares iguais apenas contra o Ceará, pela Copa do Brasil, quando venceu, no Castelão, por 3 a 1; contra os gaúchos do Avenida, também pela Copa do Brasil, quando a equipe triunfou, em casa, por 4 a 2; e diante do Fortaleza, pelo Brasileirão, ao derrotar o time nordestino por 3 a 1 longe de seus domínios.

E MAIS:
No mais, nos outros 56 jogos em 2019 - incluindo os amistosos de pré-temporada e também durante a realização da Copa América, entre os meses de junho e julho - o Corinthians não conseguiu fazer o resultado que precisa para despachar o Independiente Del Valle. Em sete oportunidades, no entanto, o Timão levaria o confronto para a decisão nos pênaltis. 

Até aqui, o Timão tem 25 vitórias, 20 empates e 14 derrotas no ano. Para carimbar sua vaga a uma final inédita da Copa Sul-Americana, o Timão precisa encontrar forças e fazer um resultado histórico. O duelo, no Estádio Olímpico Atahualpa, será às 21h30 (horário de Brasília).

- Temos que ser consistentes, temos que fazer um grande jogo lá, talvez o melhor do ano. Contar com um pouquinho de sorte também porque é importante. Mentalmente será mais importante do que a parte técnica - explicou o lateral Fagner, ciente da dificuldade que será reverter o revés sofrido em Itaquera no primeiro jogo do duelo diante do clube equatoriano. 


Facebook Lance Twitter Lance