Drogba se diz honrado, explica recusa e agradece proposta do Timão: 'Valeu'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Drogba se diz honrado, explica recusa e agradece proposta do Timão: 'Valeu'

LANCE! - 31/01/2017 - 22:49
São Paulo (SP)
Horas após conversar com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, por meio de uma videoconferência, o atacante marfinense Didier Drogba postou um texto na internet explicando as razões de ter recusado a proposta formalizada pelo clube brasileiro para contratá-lo por uma temporada. Foi a primeira manifestação formal do jogador de 38 anos sobre o caso, que já tem quase um mês de negociações.

- Houve muitos rumores me vinculando à uma transferência para o Corinthians, mas era importante para mim conversar com o senhor Roberto de Andrade, presidente do clube, como fiz hoje. Expliquei a ele que apesar de estar muito honrado pelo interesse em me contratar, não me parece a coisa certa a fazer neste momento. Eu gostaria de agradecer ao clube e à torcida do Corinthians pelas mensagens e desejar a todos sucesso nesta temporada - escreveu o jogador.

O Corinthians ofereceu R$ 5,5 milhões pelo contrato de uma temporada a Drogba, além de outras exigências, como um tradutor, um carro blindado e um apartamento, entre outros. O jogador e seus representantes aceitaram a oferta financeira, mas as conversas não seguiram adiante por desinteresse do jogador africano, que manifestou ao Timão ter "outros projetos" para o ano após consultar familiares. Assim, o provável destino de Drogba é a Major League Soccer (MLS) em 2017.

Horas antes da manifestação de Drogba, o Corinthians publicou um texto com o título "Valeu, Drogba". O clube agradeceu o experiente jogador pelas conversas das últimas semanas e ouviu dele que "após conhecer a história e a Fiel torcida, passou a ser mais um louco do banco espalhado pelo mundo".

Nos últimos dias, dirigentes do Corinthians já tratavam o sonho de contratar Drogba como uma realidade distante, justamente por conta da demora na resposta à proposta oficial. Do outro lado, as conversas também eram vistas com desconfiança: os empresários do marfinense não viram muita seriedade nos contatos iniciais do Timão, que se deram a partir de quatro diferentes representantes (nenhum deles verdadeiramente funcionário do clube) e com informações abertas à imprensa. 


icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance