Diretoria do Timão abre o jogo: Pablo, renovações, finanças, Maracanã...
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Diretoria do Timão abre o jogo: Pablo, renovações, finanças, Maracanã...

  •  Presidente do Corinthians
    Presidente do Corinthians comentou diversos assuntos  (Foto: Alan Morici)
  •  Flávio Adauto
    Flávio Adauto também comentou sobre diversos assuntos (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Pablo Corinthians
    Pablo está emprestado até o fim deste ano Daniel Augusto Jr
  •  Guilherme Arana Corinthians
    Guilherme Arana está na mira do Sevilla Daniel Augusto Jr
  •  Corinthians x Flamengo
    Flamengo x Corinthians: Ilha do Urubu ou Maracanã? Luis Moura / WPP
  •  Camacho Corinthians
    Camacho está perto de renovar Daniel Augusto Jr
  •  Fagner, do Corinthians
    Fagner já acertou renovação (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Cássio Corinthians
    Cássio está perto de renovar Daniel Augusto Jr
Guilherme Amaro - 12/11/2017 - 07:00
São Paulo (SP)
A proximidade do título brasileiro tem deixado o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, bem-humorado. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Avaí, ele passou pela zona mista da Arena e falou por mais de dez minutos. O diretor de futebol Flávio Adauto também conversou com os jornalistas e abriu o jogo. Veja abaixo o que os dirigentes falaram sobre cada situação.

PACOTÃO DE RENOVAÇÕES

O Corinthians já acertou a renovação de Fagner (só falta o lateral assinar) e está perto de finalizar as situações de Cássio e Camacho. O goleiro tem contrato até o fim de 2019, enquanto o volante tem vínculo até julho de 2019.

- Conversamos. Praticamente tudo certo, não só do Cássio como do Fagner e do Camacho. Estamos procurando resolver os problemas para o ano que vem. Já está tudo acertado, não tem nada assinado porque eles têm contrato - disse Flávio Adauto.

Balbuena também já recebeu proposta para renovar contrato por mais quatro anos. O zagueiro tem contrato até o fim de 2018, e a diretoria espera o empresário do jogador vir ao Brasil para negociar.

PABLO

O zagueiro está emprestado pelo Bordeaux (FRA) até o fim desta temporada, e o Corinthians busca definir a contratação defitiva neste mês. O Timão precisa pagar 3 milhões de euros (R$ 11,4 milhões), além de acertar o pagamento de salários e luvas com o jogador e seu empresário.

- Pensamos no dinheiro do clube, não queremos fazer nenhuma maluquice. No segundo semestre, contratamos só um jogador, o Clayson. Sabendo das dificuldades do clube, loucura a gente não faz. Se der, ótimo, é um jogador que a gente gosta muito, se identificou com a torcida. Se não der, paciência. Um dia o Corinthians perdeu o Guerrero. E aconteceu o que? Podemos ser campeões esse ano -afirmou Flávio Adauto.

- Vamos começar da estaca zero e sabendo que o jogador quer ficar, que queremos o jogador e que ele vai estar na melhor vitrine do futebol brasileiro. Isso tem peso. Ele quer, a gente quer, o técnico quer, a torcida quer, todo mundo quer. Agora é esperar um pouco, conversando nessa semana. Se der acordo, deu. Se não der, paciência - acrescentou o diretor.

ARANA

Roberto de Andrade disse que não "tem nada" sobre o lateral-esquerdo. No entanto, como o LANCE! divulgou na última quinta-feira, o Corinthians costura o contrato com o Sevilla (ESP) para a venda de Arana.

JOGO CONTRA O FLAMENGO: ILHA DO URUBU OU MARACANÃ?

No próximo domingo, o Corinthians visita o Flamengo, em jogo que pode garantir o título brasileiro. A partida está inicialmente marcada para a Ilha do Urubu, mas o presidente do Timão falará com a diretoria do clube carioca para ver a possibilidade de o confronto seja no Maracanã.

- Eu já tinha conversado com o presidente do Flamengo e ele não sabia o que iria fazer. Ele vai definir nos próximos dias. Se o Flamengo estiver brigando por alguma coisa e o Corinthians também, tem um apelo maior, leva mais gente ao Maracanã e fecha a conta mais fácil - disse Roberto de Andrade.

FINANÇAS

Roberto de Andrade voltou a admitir que tem dívidas com alguns jogadores, mas minimizou ao dizer que é "alguma coisinha" e "dentro do planejado". Ele também ressaltou a importância de disputar a Libertadores para a obtenção de renda.

- Tem mais alguma coisinha que venceu nos últimos dias, mas está tudo dentro do planejado. Não é salário. Em três anos que estou como presidente, tivemos problemas com salários duas vezes. Uma por dois dias e outra por quatro ou cinco dias. Nunca mais aconteceu - declarou Roberto de Andrade.

É importante, principalmente se a gente conseguir chegar até as finais. Público já sabemos, que é de Arena cheia em todos os jogos, e o mais importante é o resultado esportivo de tentar ganhar mais uma Libertadores

ELEIÇÕES

Roberto de Andrade faz parte do grupo Renovação e Transparência, que lançará na quarta-feira Andrés Sanchez como candidato a presidente nas eleições de fevereiro de 2018.

- Estou apoiando, o Andrés é do nosso grupo. Depois de fevereiro, vou descansar. Deixa ele tocar - disse Roberto, que assumiu a presidência do clube há quase três anos.

Andrés prometeu Ronaldo Fenômeno no Corinthians caso ganhe a eleição. Roberto de Andrade, por sua vez, disse não saber sobre o assunto.

- Não sei te falar.


E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance