Clube árabe culpa volante Gabriel por negociação frustrada
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Clube árabe culpa volante Gabriel por negociação frustrada

Gabriel deve deixar o Corinthians nas próximas horas
Gabriel viajou até a Arábia Saudita para saber que o negócio com o Al-Hilal havia sido desfeito (Dhavid Normando Fotografia)
LANCE! - 04/09/2019 - 18:11
São Paulo (SP)
Através de um comunicado oficial, o Al-Hilal informou que não pretende ressarcir financeiramente o volante Gabriel ou o Corinthians por conta do não cumprimento do acordo de compra do meio-campista. O clube da Arábia Saudita argumentou que o atleta descumpriu parte do combinado.

O anúncio foi feito pelo Twitter de um dos dirigentes do Hilal, que explicou que o volante do Timão não respondeu às investidas do clube árabe, não aceitou as passagens de avião cedidas e entrou em campo no Maracanã, quando o Corinthians enfrentou o Fluminense pelo segundo jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana. 

Após a partida no Rio de Janeiro, Gabriel concedeu entrevista coletiva dizendo que restava apenas a assinatura com os asiáticos para fechar o negócio. O jogador viajou à Arábia Saudita no dia seguinte e, ao chegar por lá, foi informado que o negócio não seria concretizado.



O Al-Hilal acabou fazendo uma reinvestida no colombiano Cuéllar, que jogava no Flamengo, e contratou o volante da equipe rubro-negra. O Corinthians entende que foi desrespeitado e estuda formas de acionar o clube árabe na Fifa para receber uma indenização. 

Confira o comunicado do clube árabe sofre a negociação frustrada com Gabriel:

'Referindo-se aos rumores da mídia sobre uma reclamação sobre a negociação do Al-Hilal com o clube brasileiro Corinthians em relação ao jogador Gabriel Franco. Explicamos que a posição do Al-Hilal é legalmente válida e que o clube não é obrigado a pagar qualquer quantia. O contrato inicial assinado entre os dois clubes está condicionado ao acordo com o jogador. A administração do clube durante as negociações com o jogador deu dois passos: o primeiro é um prazo para o jogador responder. Depois, dois bilhetes de avião garantidos ao jogador, a seu pedido, para vir a Dubai negociar. O jogador falhou no voo garantido pelo clube, não respondeu por aceitação ou rejeição e depois entrou em campo por sua equipe.'

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance