Carille projeta: Timão precisa só de mais cinco vitórias para ser campeão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Carille projeta: Timão precisa só de mais cinco vitórias para ser campeão

  •  Corinthians x Coritiba
    Carille no comando do Timão contra o Coritiba MARCELLO FIM / RAW IMAGE
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MIGUEL SCHINCARIOL/AsImagens
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MARCELLO FIM / RAW IMAGE
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MARCELLO FIM / RAW IMAGE
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MIGUEL SCHINCARIOL/AsImagens
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MARCELLO FIM / RAW IMAGE
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MARCELLO FIM / RAW IMAGE
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 MIGUEL SCHINCARIOL/AsImagens
  •  Corinthians x Coritiba
    Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 Marcello Zambrana/AGIF
Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 11/10/2017 - 23:52
São Paulo (SP)
Nas contas do técnico Fábio Carille, o Corinthians precisa só de mais cinco vitórias para ser campeão brasileiro. O raciocínio do treinador ainda leva em conta um triunfo do Santos sobre a Ponte Preta nesta quinta-feira, em Campinas. Em relação ao Grêmio, que perdeu nesta quarta, ele acredita que já está praticamente fora da briga.

Atualmente, são 11 pontos de vantagem do Corinthians na liderança, mas pode voltar para oito caso o Santos vença a Ponte. Já o Grêmio agora está 12 pontos atrás, e o Cruzeiro a 11. Com esse cenário, Carille explicou seu raciocínio e disse que não passa as contas para o elenco.

- Faço contas, mas não é o que eu passo para o meu grupo, porque vamos jogo a jogo. São oito pontos de diferença, contando que o Santos vença. Se conseguirmos cinco vitórias em 11 jogos, o Santos precisa de oito vitórias em 11 jogos. É impossível? Não, mas não é fácil. Acredito que com cinco vitórias seja campeão, porque é muito difícil conseguir oito vitórias em 11 jogos - analisou Carille, em entrevista coletiva após a vitória por 3 a 1 do Corinthians sobre o Coritiba, na noite desta quarta-feira.

- Falando só em relação ao Grêmio. São 12 pontos de diferença. Então, se eu ganhar três, o Grêmio precisa ganhar oito também. Não é impossível, mas vai ficando fora da briga - disse.

Com a proximidade do título, Carille admite que a ansiedade tem aumentado. O treinador disse que é difícil controlar a situação e falou em dias intensos e trabalho árduo até o fim desta temporada.

- Essa questão da ansiedade acho que vale mais para mim do que para os atletas. São dias intensos, tem a proximidade de uma conquista grande, ainda não temos, mas é uma chance clara. Antes de controlar meu grupo, tenho de me controlar. Não é fácil. Serão mais ou menos 50 dias de trabalho árduo em busca do objetivo - afirmou Carille.

Com a boa vantagem na liderança, o Corinthians volta a campo no domingo, às 19h, contra o Bahia, em Salvador. O elenco se reapresenta na manhã desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance