menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ausência na Seleção vira desafio para Rodriguinho no Corinthians

  •  Rodriguinho Corinthians
    Rodriguinho tem novo desafio no Corinthians Daniel Augusto Jr
  •  Rodriguinho
    Rodriguinho esteve na última lista de Tite Pedro Martins / MoWA Press
  •  Rodriguinho
    Rodriguinho havia falado na segunda sobre expectativa de ser convocado (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Rodriguinho Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Rodriguinho
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 Pedro Vale/Eleven
  •  Rodriguinho, do Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Rodriguinho, do Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Rodriguinho, do Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr)
  •  Rodriguinho Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 Daniel Augusto Jr
  •  Rodriguinho Corinthians
    Rodriguinho é o vice-artilheiro do Timão em 2017 Daniel Augusto Jr
Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 11/08/2017 - 07:30
São Paulo (SP) 
Rodriguinho não escondeu a chateação por não ter sido convocado para a Seleção Brasileira. Na manhã da última quinta-feira, durante o treino do Corinthians, o meia demostrou abatimento ao ser informado que não estava na lista do técnico Tite. Em seguida, cumprimentou Cássio e Fagner, convocados, e deixou o campo do CT Joaquim Grava.

A expectativa de Rodriguinho era grande. Afinal, ele tem feito bons jogos pelo Corinthians e havia sido convocado para os últimos compromissos da Seleção, nos amistosos contra Austrália e Argentina. Mas nada disso foi suficiente para o meia do Timão superar a grande concorrência no setor.

O jogador de 29 anos agora tem o desafio de não se abater e continuar sendo decisivo para o Corinthians. Neste ano, Rodriguinho participou de 38 partidas, é o vice-artilheiro da equipe com 11 gols e também o segundo que mais deu assistências, com sete.

- Nossa vida é uma cobrança diária. Eu também tenho que estar sempre bem para querer voltar para a Seleção. O time dessa forma que está, com todo mundo se ajudando, os jogadores crescem. Fico feliz por deslanchar com todo o grupo - disse Rodriguinho, em entrevista coletiva na última segunda-feira.

O sonho de ser convocado, aliás, é um dos motivos que fazem Rodriguinho querer continuar no Corinthians. Outro fator que pesa é a grande possibilidade de conquistar mais um Brasileirão pelo clube. Nesta janela de transferências, por exemplo, a diretoria alvinegra recusou uma proposta do Lokomotiv Moscou (RUS) pelo jogador.

- Estou adaptado aqui, jogando bem, podendo ser campeão brasileiro, com possibilidade de ser convocado para a Seleção. Eu só sairia se fosse uma possibilidade absurda, que não tivesse como negar - afirmou Rodriguinho, também na última segunda.

Rodriguinho ainda tem mais de uma semana para "esquecer" a ausência na Seleção até voltar a defender o Corinthians. Isso porque o próximo jogo do será apenas no dia 19, contra o Vitória, na Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão.

E MAIS:
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance