Gabriel Jesus x Milinkovic-Savic: o reencontro para revanche brasileira
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
header-CopaDoMundo

Gabriel Jesus x Milinkovic-Savic: o reencontro para revanche brasileira

Gabriel Jesus e Milinkovic-Savic
Craques se reencontram 3 anos depois da final da Copa do Mundo Sub-20 (Foto: AFP)
Gabriel Amorim * - LANCE! - 26/06/2018 - 16:30
São Paulo (SP)
A Sérvia possui a quinta seleção mais jovem desta Copa do Mundo. Quem assistiu à estreia da equipe diante da Costa Rica e o bom jogo frente à Suíça pode ter se surpreendido com o futebol apresentado pelos sérvios, mas quem acompanhou o Mundial Sub-20 em 2015 já desconfiava que essa geração poderia dar trabalho num futuro próximo.

Daquele time campeão na prorrogação diante do Brasil de Gabriel Jesus, com vitória por 2 a 1, cinco jogadores fazem parte dos 23 que estão na Rússia, destaque para o meia Sergej Milinković-Savić. O camisa 20 hoje é a grande promessa do futebol sérvio e titular absoluto do time do técnico Mladen Krstajic.

Com apenas 23 anos, o meia da Lazio já desperta o interesse de gigantes do futebol europeu como Manchester United, Juventus e Real Madrid. Ao lado de Nemanja Matic, volante do United, fazem um forte meio de campo, onde a altura e a força física prevalecem.

A Federação de Futebol da Sérvia relembrou no último dia 20 de junho, os 3 anos da conquista da Copa do Mundo Sub-20 na Nova Zelândia. Na foto, os cinco jogadores que estão na Rússia.

Do lado brasileiro que disputou o Mundial Sub-20, somente Gabriel Jesus está na Rússia. A seleção ainda contava com nomes como Boschillia e Marcos Guilherme (ex-São Paulo), o atacante Malcom hoje no Bordeaux, o lateral-esquerdo Jorge e o meia Andreas Pereira (ex-Manchester United).

O comandante brasileiro naquela decisão era Rogério Micale, técnico que um ano depois conquistaria com Gabriel Jesus, o primeiro ouro olímpico do Brasil no futebol.

Em entrevista ao LANCE!, Micale relembrou da final e comparou aquele time sérvio com este que o Brasil irá enfrentar nesta quarta-feira na Arena Spartak, em Moscou.

- Tratava-se de uma geração muito promissora e que jogava junto há muito tempo. No Mundial, eles propuseram o jogo durante toda a competição, mas contra a gente optaram por um futebol reativo e o fizeram muito bem. Mas não vejo muitas semelhanças entre aquela Sérvia e essa que o Brasil vai enfrentar – disse Micale.

Gabriel Jesus
Gabriel Jesus foi o camisa 10 do Brasil no Mundial Sub-20 (Foto: AFP)
O técnico que trabalhou com Jesus nos dois anos em que comandou a base da seleção brasileira, também viu Firmino crescer na base do Figueirense. Para ele são dois grandes jogadores com características diferentes. Contra a Sérvia, Micale acredita que Tite não irá mexer no comando de ataque brasileiro.

- O Gabriel é forte no um contra um, já o Firmino, que era meia, funciona melhor em um futebol apoiado. Acredito que o Tite não vai mexer no sistema, com o Jesus começando e tendo a opção do Firmino para uma necessidade de mudança na segunda etapa – completou o comandante do ouro olímpico.

Apesar do equilibrado embate na decisão Mundial da categoria, Gabriel Jesus disputou o torneio Sub-20 com apenas 18 anos, enquanto Milinkovic-Savic já estava com 20.

Três anos depois, acompanhado de Neymar, Coutinho e outros craques, o menino do Jardim Peri tem a chance de buscar a revanche contra a boa geração sérvia e marcar o seu 1º gol em Copas. Após uma estreia discreta contra a Suíça, o camisa 9 do Brasil bateu na trave diante da Costa Rica em uma boa atuação.

Um empate frente aos sérvios já classifica o Brasil para as oitavas do Mundial, onde o time de Tite pode enfrentar México, Alemanha ou Suécia por uma vaga nas quartas.

* Sob supervisão de Marcio Monteiro

Relembre como foi a final da Copa do Mundo Sub-20 de 2015:


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance