Grêmio suporta pressão, bate o São Paulo e sai na frente na semifinal
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Grêmio suporta pressão, bate o São Paulo e sai na frente na semifinal

Gabriel Santos - 23/12/2020 - 22:27
Porto Alegre (RS)
O Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0, na Arena do Grêmio, pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, com gol de Diego Souza. Com o resultado, o Imortal vai com a vantagem do empate para a partida de volta, na próxima quarta-feira (30), às 21h30, no Morumbi. Qualquer vitória do São Paulo por um gol de diferença leva às penalidades.

Haaland, Neymar, Lewandowski… listamos 20 nomes que têm tudo para serem os craques da década

As duas equipes voltam a campo pela 27ª rodada do Brasileirão. O São Paulo enfrenta o Fluminense, às 21h, no próximo sábado (26), no Maracanã, enquanto o Grêmio encara o Atlético-GO, no domingo (27), às 20h30, em Porto Alegre. 

VEJA A TABELA DA COPA DO BRASIL

E MAIS:
JOGO COMEÇA NERVOSO E GRÊMIO TEM GOL ANULADO
Sabendo do grande peso da partida, Grêmio e São Paulo entraram em campo pilhados, com entradas duras e discussões de ambas as partes. Bruno Alves trombou com Diego Souza usando o cotovelo e acabou recebendo amarelo, aos sete minutos. Com muitas faltas marcadas, o jogo não andava. 

Até que aos dez minutos, Pepê bateu falta na entrada da área, e Victor Ferraz desviou para marcar. Porém, Diego Souza, impedido, atrapalhou Tiago Volpi, interferindo na jogada. Por conta disso, o juiz anulou o gol por impedimento do atacante. Logo na sequência, Daniel Alves tabelou com Luciano e bateu de voleio de fora da área. A bola passou por cima do gol.

IMORTAL ASSUSTA E TRICOLOR DÁ A RESPOSTA
Com o gol anulado, o Grêmio continuou partindo para cima do São Paulo. Aos 14, Pepê recebeu a bola em profundidade na grande área, mas Volpi se antecipou e afastou na hora. Com essa chance, o jogo deu uma esfriada, como São Paulo errando muitos passes e o Grêmio assustando mais. 

Com 33 minutos, Geromel ficou com a sobra na entrada da área, ajeitou para a direita e bateu por cima do gol, levando perigo. Na batida, o zagueiro gremista sentiu a coxa e precisou ser substituído. A primeira grande chance do Tricolor na partida aconteceu aos 37 minutos. Gabriel Sara tocou para Daniel Alves, que abriu para Juanfran. O lateral tocou por baixo, em profundidade, para Sara, que dominou e bateu rasteiro. Vanderlei encaixou.

Com as duas equipes tendo uma marcação muito forte, a primeira etapa foi sem grandes chances de gols, mas com muitas faltas e discussões. 

SEGUNDO TEMPO COMEÇA E SÃO PAULO PERDE GRANDES CHANCES
​Na volta do intervalo, as duas equipes partiram mais ao ataque, deixando de lado as faltas e erros de passes, características do primeiro tempo. Com isso, veio a chance mais clara do jogo até o momento: Aos dez minutos, após boa tabela, Daniel Alves recebeu na beirada da área e cruzou rasteiro para Brenner, com o gol aberto. Porém, o atacante não alcançou e perdeu grande chance. 

E não parou por aí. Um minuto depois, Luciano fez uma bela jogada no campo de ataque, tabelou com Sara, Luan e Daniel Alves, e recebeu do camisa dez na grande área, cara a cara com Vanderlei. No entanto, o atacante chutou por cima do gol do Grêmio.

GRÊMIO APROVEITA E ABRE O PLACAR COM 'LEI DO EX'
Vendo o seu time tomar sufoco, Renato Gaúcho colocou o atacante Ferreira na vaga de Darlan. Na primeira jogada do jovem, o Grêmio abriu o placar aos 17. Ele fez boa jogada individual pela linha de fundo, passou pela marcação e cruzou na área. Volpi deu um tapa na bola, Pepê não conseguiu finalizar, e no bate-rebate, Diego Souza, de puxeta, mandou para o fundo da rede. 

Grêmio x São Paulo
Diego Souza fez o gol do Grêmio (Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)
Com 23 minutos, Dani Alves fez falta em Pepê. Na cobrança, Jean Pyerre bateu colocado buscando o ângulo oposto de Volpi, que fez a ponte para tentar alcançar, mas não chegou na bola. Ela passou tirando tinta da trave são-paulina, levando bastante perigo. 

TRICOLOR ESBARRA NA MARCAÇÃO GREMISTA, QUE ADMINISTRA
Encaixotado, o São Paulo não conseguia assustar a meta de Vanderlei. Diniz colocou Tchê Tchê e Vitor Bueno nas vagas de Luciano e Bruno Alves. No entanto, o Tricolor esbarrava nos erros de passes e a forte marcação gaúcha, que apostava nos contra-ataques com Pepê e Ferreira.

Aos 30, Brenner enfiou para Igor Gomes, mas errou a execução. Com 41 minutos, Daniel Alves abriu para Juanfran na direita, que avançou livre e cruzou rasteiro para trás. Ninguém chegou para finalizar, e a defesa do Grêmio afastou o perigo.

VANDERLEI SALVA O GRÊMIO NO ÚLTIMO LANCE
O São Paulo tentava o empate a qualquer custo e quase conseguiu aos 48 minutos. Juanfran chegou na linha de fundo e cruzou na cabeça de Brenner. O camisa 30 cabeceou, mas Vanderlei fez uma linda defesa e espalmou para escanteio. Final de jogo em Porto Alegre e vantagem do Grêmio na semifinal da Copa do Brasil.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 SÃO PAULO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data/Horário: 23 de dezembro de 2020 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Michael Correia (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Gols: 1x0 (Diego Souza, aos 17'2ºT)
Cartões amarelos: Thaciano, Matheus Henrique e Vanderlei (Grêmio), Bruno Alves, Daniel Alves, Gabriel Sara e Reinaldo (São Paulo)
Cartões vermelhos: -

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel (Rodrigues, aos 34'1ºT), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Darlan (Ferreira, aos 16'2ºT); Thaciano (Lucas Silva, aos 16'2ºT), Jean Pyerre (Everton, aos 37'2ºT) e Pepê; Diego Souza (Churín, aos 37'2ºT). Técnico: Renato Portaluppi.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves (Vitor Bueno, aos 28'2ºT), Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes (Toró, aos 40'2ºT) e Gabriel Sara; Luciano (Tchê Tchê, aos 28'2ºT) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz. 


Facebook Lance Twitter Lance