Senado vai debater indenização a familiares de vítimas do acidente aéreo da Chapecoense
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Senado vai debater indenização a familiares de vítimas do acidente aéreo da Chapecoense

Acidente Chapecoense
Audiência para indenização aos familiares vai acontecer nesta quinta-feira (Foto: RAUL ARBOLEDA/AFP PHOTO)
LANCE! - 14/08/2019 - 16:39
Chapecó (SC)
O imbróglio sobre as vítimas do acidente da Chapecoense, aconteceu em 29 de novembro de 2016, pode ganhar novo rumo. Uma nova audiência pública no Senado Federal será realizada, nesta quinta-feira, às 10h. O objetivo é de encontrar soluções para os envolvidos sejam indenizados. Até o momento, ninguém foi responsabilizado judicialmente.

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado, convidou, além dos parentes, os jogadores que sobreviveram à queda, o primeiro-secretário da embaixada da Bolívia, os representantes da Aeronáutica Civil da Colômbia, CBF, Conmebol, Comando da Aeronáutica, Ministério das Relações Exteriores, Ministério da Economia, BISA Seguros, LaMia, entre outras autoridades.

Em 27 de abril de 2018, a Aeronáutica Civil da Colômbia divulgou o relatório final sobre o acidente. A conclusão é que faltou combustível para chegar a Medellín e que a empresa aérea LaMia fez gestão de risco inadequada.



Depois disso, houve a discussão sobre a indenização aos familiares das vítimas do acidente. Em junho de 2018, o encontro foi realizado para cobrar respostas e contou com a presença apenas dos familiares das vítimas da tragédia.

TRAGÉDIA... 

O avião, que transportava a delegação da Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, caiu na madrugada do dia 29 de novembro de 2016. O acidente causou a morte de 71 pessoas, entre jogadores, dirigentes, funcionários, convidados, jornalistas e membros da tripulação.

O zagueiro Neto, o lateral Alan Ruschel e o goleiro Follmann foram os únicos atletas que sobreviveram. Além dele, Rafael Henzel também foi encontrado com vida - o narrador da Rádio Oeste Capital faleceu em março, vítima de infarto enquanto jogava futebol.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance