São Paulo abre o placar cedo e consegue boa vitória sobre a Chape
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo - Chapecoense
0
-
3
Escudo - São Paulo

São Paulo abre o placar cedo e consegue boa vitória sobre a Chape

  •  Chapecoense x São Paulo - Comemoração
    Veja imagens de Chapecoense 0 x 3 São Paulo (Foto: LIAMARA POLLI/AM Press)
  •  Chapecoense x São Paulo - Disputa
    Veja imagens de Chapecoense 0 x 3 São Paulo (Foto: Márcio Cunha/ACF)
  •  Chapecoense x São Paulo - Disputa
    Veja imagens de Chapecoense 0 x 3 São Paulo (Foto: LIAMARA POLLI/AM Press)
Gabriel Rodrigues - 02/11/2019 - 23:10
Chapecó (SC)
Com ótimo começo de jogo, o São Paulo se impôs, abriu o placar cedo e conseguiu uma boa vitória por 3 a 0 sobre o Chapecoense, na noite deste sábado, na Arena Condá. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 52 pontos, se mantém na quarta colocação, mas abre vantagem sobre os adversários. A Chape se mantém com 21 pontos na 19ª colocação.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, quando recebe o Fluminense, no Morumbi. Um dia antes, às 21h30, a Chapecoense visita o Bahia, na Fonte Nova.

TABELA
> Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Começo perfeito
Talvez nem o mais otimista dos torcedores do São Paulo esperava um começo de jogo tão bom do time tricolor na Arena Condá. Logo aos seis minutos, em cobrança de falta, Daniel Alves deu um belo cruzamento para a área e Bruno Alves mandou, de cabeça, para o gol, marcando o seu primeiro tento nesta temporada.



Com o placar aberto, a Chapecoense precisou mudar sua estratégia, passou a disputar a posse de bola com o São Paulo e tentou atacar mais. E o Tricolor se aproveitou dos espaços deixados e logo chegou ao segundo. Em contra-ataque, aos 23, Daniel Alves deu um ótimo passe para Antony, que só rolou pra Vitor Bueno. O meia teve tranquilidade, driblou Tiepo e mandou para o gol vazio.

Chape melhora
Ainda que tenha conseguido mais boas chances, com Reinaldo e Igor Gomes,  o São Paulo acabou recuando demais após fazer o segundo gol e deu o campo e a bola para a Chapecoense, que cresceu na partida e passou a assustar mais. Aos 38, após cobrança de escanteio, Douglas cabeceou e obrigou Volpi a fazer grande defesa.

Após o intervalo, o Tricolor voltou mal e o time catarinense empilhou chances de gol desperdiçadas. Volpi, o travessão e falta de pontaria dos seus jogadores não deixaram o Verdão descontar o placar.

Antony decide e chora
Quando era pior em campo, sendo muito pressionado no seu campo de defesa, o São Paulo conseguiu o gol do desafogo e definiu o placar. Aos 34, Tiago Volpi fez mais uma boa defesa em chute de Camilo. Juanfran pegou o rebote e deu um belo lançamento para Antony. O garoto avançou pela direita, cortou para o meio e fez um golaço de fora da área. Muito criticado recentemente pela torcida, o jovem atacante caiu no choro na comemoração.

Perto do fim, Bruno Alves ainda marcou mais um de cabeça, após cruzamento de Reinaldo, mas o gol foi anulado por impedimento milimétrico. Para sorte dos são-paulinos, não fez falta.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 x 3 SÃO PAULO


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data/Hora: 2/11/2019, às 21h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS) - Nota LANCE!: 5,0 - Muita demora nas consultas ao VAR.
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes do VAR: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS) e André da Silva Bitencourt (RS)
Gramado: Bom.
Público/Renda: 9.533 torcedores/R$ 281.510,00
Cartão Amarelo: Renato e Márcio Araújo (CHA), Igor Gomes e Tiago Volpi (SAO)
Cartão Vermelho: -

GOLS: Bruno Alves, 6'/1ºT (0-1), Vitor Bueno, 23'/1ºT (0-2), Antony, 34'/2ºT (0-3)

CHAPECOENSE: Tiepo; Eduardo (Elicarlos, Intervalo), Douglas, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Renato, Camilo, Roberto (Vini Locatelli, 30'/2ºT); Everaldo e Dalberto (Arthur Gomes, 12'/2ºT). Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Daniel Alves (Juanfran, Intervalo), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Luan, 22'/2ºT), Tchê Tchê e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno (Hernanes, 38'/2ºT) e Raniel. Técnico: Fernando Diniz.


Facebook Lance Twitter Lance