Dudu e Bruno Henrique garantem triunfo do Verdão em festa da taça
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dudu e Bruno Henrique garantem triunfo do Verdão em festa da taça

  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Marcello Fim/Ofotografico
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Luis Moura / WPP
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Luis Moura / WPP
  •  Palmeiras x Vitória
    Jogadores comemoram gol em dia de festa  EDUARDO CARMIM PHOTO PREMIUM
  •  Palmeiras x Vitória
    Torcedores do Palmeiras vibram no Allianz Parque Luis Moura / WPP
  •  Palmeiras x Vitória
    Entrada do time em campo na última rodada  Luis Moura / WPP
  •  Palmeiras x Vitória
    Equipe posada no jogo da festa pelo título Luis Moura / WPP
  •  Palmeiras x Vitoria
    Dudu parte com a bola dominada  Marcello Fim/Ofotografico
  •  Palmeiras x Vitória
    Scarpa fez um dos gols do Verdão  Eduardo Carmim
  •  Palmeiras x Vitória
    Dracena vibra com o primeiro gol da partida  Cesar Greco
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras EDUARDO CARMIM/PHOTO PREMIUM
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras FLAVIO HOPP
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Marcelo Machado de Melo/Fotoaren
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Luis Moura / WPP
  •  Festa do Palmeiras
    Festa do Palmeiras Marcello Fim/Ofotografico
William Correia - 02/12/2018 - 19:02
São Paulo (SP)
O Allianz Parque recebeu 41.256 pagantes, maior público da história do estádio, disposto a ter festa. E o time em campo, mesmo chegando a ceder o empate diante de um rival já rebaixado, fez a sua parte: bateu o rebaixado Vitória por 3 a 2.

O jogo, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro, era uma espécie de preliminar do grande evento do dia: o erguer do troféu, garantido na rodada passada diante do Vasco, em São Januário. Mas Dudu e Bruno Henrique, dois dos craques do time, não deram motivos para reclamação.


Dudu deu assistência para Edu Dracena abrir o placar, aos 42 minutos do primeiro tempo, e Gustavo Scarpa ampliar, aos 11 do segundo. O Vitória empatou com gols de Yago, que converteu pênalti aos 25, e Luan, aos 27. Mas um golaço do capitão Bruno Henrique selou o triunfo alviverde, aos 44 minutos.

Primeiro tempo firme
O Palmeiras entrou disposto a garantir a festa com três pontos. É verdade que o Vitória, rebaixado no fim de semana passado, conseguiu achar espaço na entrada da área para levar perigo a Weverton. Mas o foco alviverde estava no ataque.

Com Gustavo Scarpa no lugar de Willian, que lesionou o joelho direito e levará de seis a nove meses para voltar a jogar, a linha de frente palmeirense tinha muita movimentação, inclusive com Dudu encarando diversas vezes mais de um marcador, mas sem se intimidar.

Borja até saía da área tentando tabelar, embora sem acertar muito. O colombiano até perdeu grande chance, aos 21, em jogada de Mayke.
Até que Dudu resolveu agir, com um lindo cruzamento para Edu Dracena deixar o time em vantagem a caminho do intervalo.

Última bobeada do ano
No segundo tempo, em jogada ensaiada, Lucas Lima cobrou falta para Dudu rolar para Scarpa ampliar. O camisa 7 é quem mais deu assistências no Brasileiro, chegando a 14 (são 19 na temporada).

Estava tudo pronto. Até que o árbitro marcou pênalti de Antônio Carlos, que Yago converteu, e Luan empatou, atrapalhando a festa.

Último golaço do ano
Quando o campeão mostrava tensão, Bruno Henrique apareceu na entrada da área para fazer um golaço e garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 VITÓRIA
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 2/12/2018 - 17h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)
Público/renda: 41.256 pagantes/R$ R$ 3.514.618,30
Cartões amarelos: Deyverson (PAL), Luan e Lucas Ribeiro (VIT)
Cartões vermelhos: -
Gols: Edu Dracena (42'/1ºT) (1-0), Gustavo Scarpa (11'/2ºT) (2-0), Yago (25'/2ºT) (2-1), Luan (27'/2ºT) (2-2) e Bruno Henrique (44'/2ºT) (3-2),

PALMEIRAS: Wéverton; Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Guerra, aos 43'/2ºT); Gustavo Scarpa (Moisés, aos 24'/2ºT), Dudu e Borja (Deyverson, no intervalo). Técnico: Felipão.

VITÓRIA: João Gabriel; Cedric, Lucas Ribeiro, Bruno Bispo e Fabiano; Willian Farias (Nickson, aos 33'/2ºT), Léo Gomes e Yago; Luan, Lucas Fernandes (Erick, aos 24'/2ºT) e Léo Ceará (Eron, aos 12'/2ºT). Técnico: João Burse.

Facebook Lance Twitter Lance