Cruzeiro sai na frente com Sobis, mas Silvinho empata para o Paraná
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo do Paraná
1
 
-
 
1
Escudo - Cruzeiro

Cruzeiro sai na frente com Sobis, mas Silvinho empata para o Paraná

Paraná x Cruzeiro
Geraldo Bubniak/AGB
LANCE! - 13/06/2018 - 21:31
Curitiba (PR)
Faltou emoção no duelo de opostos entre Paraná e Cruzeiro. O placar demorou a ser aberto no Durival Britto, mas foi a Raposa quem saiu na frente com gol de Rafael Sobis. Em desvantagem, os comandados de Micale buscaram incansavelmente o empate e conseguiram com gol do artilheiro Silvinho (terceiro dele no BR). Mesmo modesto, o ponto conquistado é de grande importância para o Tricolor, que segue na luta pela fuga da zona de rebaixamento.

Com o resultado, o Paraná ganha duas posições na tabela e encerra a rodada em 17º lugar, somando 10 pontos. Já o Cruzeiro, que completou três jogos sem vencer, continua longe no G4 e permanece na oitava colocação, com 18 pontos.

Inicio pegado
Dependendo da vitória para sair da zona de rebaixamento, o Paraná evitou dar brechas para o Cruzeiro já nos minutos iniciais, mas a equipe mineira não deixou por menos e se fechou na defesa. A marcação intensa provocou um jogo pegado no meio-campo e a alternativa encontrada pelos times para arrancar em direção ao gol foi aproveitar os erros do rival.

Jogo de poucas chances
Poucas jogadas perigosas foram criadas no primeiro tempo. O Paraná teve suas melhores oportunidades com Thiago Santos, que arriscou dois chutões de fora da área e quase abriu o placar de canhota.

Faltou pontaria
Pressionado, o Cruzeiro despertou e deu volume ao jogo, mas teve dificuldade para finalizar. As principais chances celestes aconteceram no final da etapa, quando Raniel deu dois chapéus dentro da área e lançou para Robinho, que tentou chute rasteiro, mas mandou para fora. No último minuto, Mancuello driblou a marcação e, mesmo sem ângulo, chutou para o gol, mas quem sorriu foi Thiago Rodrigues, ao concluir bela defesa.

Mudança de postura
O Cruzeiro voltou disposto a fazer um jogo ainda mais intenso. Antes dos dez minutos, o time celeste já havia se aproximado do gol três vezes, com chute perigoso de Raniel, seguido pelo rebote de Robinho, e na tentativa de invasão de Sobis, que chegou a entrar na grande área, mas foi travado por Thiago Rodrigues. Pelo Paraná, Silvinho tentou responder com chute de dentro da grande área, mas pegou mal e não assustou Fábio.

Sobis abre o placar de pênalti
Apesar do aumento do nível da partida, os times demoraram para voltar a pressionar os arqueiros. Porém, a vida do Cruzeiro mudou quando Neris derrubou Brey na grande área e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Rafael Sobis chutou no alto e a bola chegou a bater no travessão, mas encontrou a rede aos 19 minutos. Enquanto a torcida celeste comemorou o gol, os locais sofreram com a expulsão de Rogério Micale por reclamação.

Silvinho deixa tudo igual
A mágoa pela expulsão precoce de Micale logo deu lugar ao sorriso dos torcedores paranaenses, porque, aos 30 minutos, Silvinho deixou tudo igual com gol de cabeça. Considerado esperança de vitória do Cruzeiro, Sassá foi convocado para a vaga de Raniel, mas os rumos da partida não mudaram mesmo com a pressão dos dois lados.

Próximos compromissos
O Campeonato Brasileiro terá uma pausa para a Copa do Mundo, mas na volta, o Paraná enfrenta o Vitória, às 21h do dia 18 de julho, no Barradão. Também pela 13ª rodada, o Cruzeiro terá um importante desafio contra o América-MG, no dia 19. O Mineirão é o palco do clássico, que começa às 19h30.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1 X 1 CRUZEIRO
Local:
Durival Britto, Curitiba (PR)
Data-Hora: 3/6/2018 - 19h
Árbitro:
Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Heronildo S Freitas da Silva (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
Público/renda: -
Cartões amarelos: Júnior, Torito González, Neris, Igor, Guilherme Biteco, Carlos, Rayan, Jhonny Lucas (PAR); Lucas Silva(CRU)
Cartão vermelho: Rogério Micale
Gol: Rafael Sobis (19'/1ºT)(0-1), Silvinho (30'/2ºT) (1-1)

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Rayan, Igor; Leandro Vilela, Torito González (Jhonny Lucas, aos 11'/2ºT), Caio Henrique (Guilherme Biteco, aos 7'/2ºT); Carlos (Alex Santana, aos 38'/2ºT), Silvinho, Thiago Santos. Técnico: Rogério Micale.

CRUZEIRO:
Fábio; Ezequiel, Dedé, Léo, Marcelo Hermes (Rafinha, aos 39'/2ºT); Lucas Romero, Lucas Silva, Mancuello (Patrick Brey, aos 11'/2ºT), Robinho, Rafael Sobis; Raniel (Sassá, aos 32'/2ºT). Técnico: Thiago Larghi.

Facebook Lance Twitter Lance