Na base da efetividade, Inter ganha com os reservas do Ceará no Beira-Rio
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Na base da efetividade, Inter ganha com os reservas do Ceará no Beira-Rio

Internacional x Ceará
Foto: Max Peixoto/Max Peixoto/DiaEsportivo
Futebol Latino - 27/07/2019 - 21:01
Porto Alegre (RS)
Em partida onde Internacional e Ceará tiveram seus momentos de superioridade técnica e territorial, pesou quem soube transformar essa superioridade em bola na rede como foi o caso do Colorado no resultado de 1 a 0 obtido no Beira-Rio. Com o placar, a equipe de Odair Hellmann que atuou repleto de nomes considerados reservas fica em quinto lugar com 20 pontos enquanto o Vozão está em 13° com 14 unidades.

PRIMEIRA DIGNA DE REGISTRO

Com mais posse de bola e presença ofensiva desde os minutos iniciais, o meio-campista Nonato teve a iniciativa de arriscar da intermediária e viu seu chute pegar um efeito que precisou da intervenção de Diogo Silva para evitar a abertura do marcador aos 10 minutos.



SEGURA FIRME, DIOGO!

Em outra boa trama do Colorado durante a postura de pressão adotada pelos comandados de Odair Hellmann, Wellington Silva dominou bem o cruzamento que passou dos zagueiros do Ceará, fintou a marcação e bateu de perna esquerda para defesa de Diogo Silva. O arqueiro ia deixando a bola escapar nos pés de Tréllez, mas teve agilidade suficiente para retomar a posse e evitar finalização já na pequena área do atacante colombiano.  

DO JEITO QUE O VOZÃO QUER

Sem conseguir ter a bola mediante a imposição técnica e de posicionamento do seu adversário, o Ceará conseguiu emendar seu primeiro contra-ataque robusto somente aos 30 minutos onde Mateus Gonçalves ganhou dividida importante e, ao tocar para Thiago Galhardo, viu seu companheiro ter duas chances de servir Felippe Cardoso. O atacante chegou quase na linha de fundo e bateu para Marcelo Lomba aparecer pela primeira vez com mais exigência no confronto.

PREMIADO

Em uma cobrança de lateral pegando a zaga cearense mais desatenta, Rithely desviou e, quando parecia que Tréllez chegaria para dominar, o atacante, sem tocar na bola, tirou a zaga do Vozão do lance e ela praticamente se ofereceu para Sarrafiore bater de chapa no extremo canto esquerdo de Diogo Silva. 1 a 0 Internacional aos 38 minutos da etapa inicial.

E MAIS:
VOLTOU MAIS ACESO

Com bem mais ousadia do que demonstrou em todos os 45 minutos iniciais, o Ceará marcou de maneira avançada e começou a explorar erros cometidos pela zaga do Internacional, deixando o clima no Beira-Rio um tanto quanto esquisito. Faltava nesse contexto, todavia, chances mais claras de gol já que Samuel Xavier fez cruzamento que ninguém completou além de Leandro Carvalho que furou bem na hora do chute.

PAPEIS INVERTIDOS

Consequentemente ao avanço das linhas do Ceará, os espaços na defesa para bolas esticadas e possíveis contra-ataques do Inter apareciam como saída válida. Em momento onde o Colorado conseguiu acionar essa possibilidade, Sarrafiore enfiou para Guilherme Parede levar vantagem inicial sobre a marcação, porém, na batida, bateu já caindo e mandou pela linha de fundo.

CABEÇA SALVADORA

Aos 28 minutos, o Alvinegro teve a oportunidade mais clara do tempo complementar de chegar a igualdade por intermédio de Thiago Galhardo. O meia recebeu passe de Leandro Carvalho em condições de decidir o que faria frente a frente com Marcelo Lomba e, depois de driblar o goleiro, cruzou em direção a marca de pênalti por não ter mais ângulo para o chute. Nesse momento, o jovem zagueiro Bruno Fuchs apareceu de maneira providencial e fazer o corte.

ACUOU O COLORADO, MAS...

Se a atuação já mostrava evolução no segundo tempo, depois dos 25 minutos o time visitante se lançou por completo ao plano ofensivo e ficou rondando a grande área com extremo perigo e com direito a cobrança de falta onde Ricardinho obrigou complicada defesa de Lomba mandando pra escanteio. Nesse momento, Guilherme Parede chegou a marcar, mas a arbitragem marcou impedimento após revisão do Árbitro de Vídeo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 CEARÁ

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-hora: 27/07/2019 - 19 h (horário de Brasília)
Público-renda: 12.536 pessoas - R$ 473.620,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CBF-RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Silbert Faria Sisquim (CBF-RJ)
VAR: Pathrice Wallace Correia de Maia (CBF-RJ)
Cartões amarelos: Bruno Fuchs, Natanael, Sarrafiore (INT); Samuel Xavier, Fabinho, Leandro Carvalho (CEA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Sarrafiore (38'/1°T)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Klaus, Bruno Fuchs (Víctor Cuesta, aos 32'/2°T) e Natanael; Nonato, Rithely e Sarrafiore; Neílton (Guilherme Parede, aos 16'/2°T), Wellington Silva e Tréllez (Pedro Lucas, aos 29'/2°T). Técnico: Odair Hellmann.

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo e João Lucas; Ricardinho, Fabinho, Mateus Gonçalves (Wescley, aos 16'/2°T), Felipe Baxola (Leandro Carvalho, no intervalo) e Thiago Galhardo; Felippe Cardoso (Juninho Quixadá, aos 32'/2°T). Técnico: Enderson Moreira.

Facebook Lance Twitter Lance