Atlético-MG interrompe jejum, vence o América e entra no G4
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Atlético-MG interrompe jejum, vence o América e entra no G4

América-MG x Atlético-MG
Jogadores comemoram gol do Galo (Joao Guilherme/Raw Image)
LANCE! - 07/06/2018 - 23:10
Belo Horizonte (MG)
No Independência, o Atlético-MG interrompeu o jejum de três jogos sem vencer e carimbou 3 a 1 sobre o América no quarto clássico disputados entre as equipes nesta temporada. De quebra, a equipe assumiu a quarta colocação da tabela. Ricardo Oliveira abriu o placar e foi seguido por Cazares e Tomás Andrade. Messias diminuiu para o Coelho.

Os times, que estavam separados por apenas um ponto, encerram a décima rodada em situações bem distintas. Com a vitória, o Atlético chega aos 17 pontos e assume a quarta posição. Já o América segue em 11º, com os mesmos 13 pontos.


Tranquilidade zero
A tranquilidade foi embora no apito inicial. Em casa, o América pressionou a saída de bola do Atlético e intensificou a marcação nos primeiros minutos, mas o time alvinegro não demorou para encontrar espaços e avançar. Veloz, Róger Guedes disparou para a grande área, recebeu a bola e encontrou Ricardo Oliveira, que estava na segunda trave e ajeitou de cabeça para balançar as redes aos 11 minutos.

América-MG reage
Para evitar o empate, algo que vinha ocorrendo com frequência nas últimas partidas disputadas pelo Galo, Thiago Larghi pediu calma e o time reagiu com intensa troca de passes no meio de campo. Precisando do resultado, o América desafiou a defesa atleticana e criou boas chances com chutes de canhota de Donizete e duas tentativas de Judivan, ambas travadas pelo capitão Leonardo Silva.

Cazares garante vantagem
A vantagem no placar não diminuiu a garra da equipe alvinegra na briga pela vitória. Com jogadas ensaiadas, Ricardo Oliveira e Róger Guedes chegaram com perigo, mas foi Cazares que ampliou. Na lateral, o equatoriano recebeu lançamento, passou por Christian e carimbou as redes com chute de canhota, seu quinto gol na temporada, aos 39 minutos.

Thiago Larghi expulso
Polêmica na volta para o segundo tempo. Árbitro da partida, Braulio da Silva iniciou o jogo sem Róguer Guedes e Ricardo Oliveira. Thiago Larghi foi tirar satisfação, mas acabou expulso. Sem o técnico, o time alvinegro perdeu a estabilidade e pagou pela desorganização com falta de Leo Silva em Ademir. Na cobrança, Serginho mandou para dentro da área e encontrou Messias, que estava sozinho e diminuiu para o América aos seis minutos.

América-MG contra-ataca
Sem Larghi e Cazares, que deixou o campo com indisposição estomacal, o Galo sofreu com investidas do Coelho. Após boa troca de passes, Aylon tocou para Giovanni na área e o lateral mandou uma bomba para o gol, que foi salvo por Victor. Após o lance, a partida seguiu truncada, principalmente no meio de campo.

Atlético-MG recupera posse de bola e amplia
Na insistência, o Atlético-MG se recuperou na partida e aproveitou os espaços na defesa americana e chegou com perigo em duas oportunidades em que a bola encontrou os pés do inspirado Tomás Andrade. Na primeira tentativa, o chute saiu como assistência para Blanco, que perdeu a bola. Na segunda, o meia recebeu passe de Róger Guedes de cara para o gol e carimbou na saída de Jori, aos 43. O América ainda arriscou o último chute a gol com Marquinhos, mas Victor salvou para fechar a vitória alvinegra.


FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 1 X 3 ATLÉTICO-MG
Local:
Independência, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 7/6/2018 - 21h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Neuza Inês Back (SC)
Público/renda: Thiago Larghi
Cartões amarelos: Norberto, Serginho(AME); Leonardo Silva, Elias (CAM)
Cartão vermelho: Thiago Larghi
Gols: Ricardo Oliveira (11'/1ºT)(0-1), Cazares (0-2)(38’/2ºT), Messias (1-2)(6'/2ºT) e Tomás Andrade (1-3)(43’/2ºT)

AMÉRICA-MG: Jori; Norberto, Messias, Matheus Ferraz, Giovanni; Leandro Donizete (Ruy, aos 41/2ºT) , Christian, Serginho; Luan (Marquinhos, aos 37’/2ºT), Aylon, Judivan (Ademir, 2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Juninho(Bremer, aos 40’/2ºT); Adilson, Gustavo Blanco, Cazares (Elias, aos 3’/2ºT), Luan (Tomás Andrade, aos 31’/2ºT), Róger Guedes; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance