Pimpão espera que golaço marque nova fase e dá boas-vindas a Aguirre
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pimpão espera que golaço marque nova fase e dá boas-vindas a Aguirre

Rodrigo Pimpão
Rodrigo Pimpão chegou ao segundo gol na temporada na noite da última terça-feira (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
Felippe Rocha - 08/03/2018 - 18:58
Rio de Janeiro (RJ)
As vaias aconteceram no fim do ano passado e nos primeiros jogos desta temporada. Rodrigo Pimpão chegou a ser expulso, pela Copa do Brasil, na fatídica partida contra a Aparecidense. Mas a má fase parece ter virado: o atacante marcou um golaço na última terça e foi absolvido, em julgamento na última quarta, dia que também marcou o nascimento da segunda filha dele. A comemoração do feito contra o Bangu já foi em homenagem à herdeira, e ele espera que venham outros gols.

- Espero que se repita. Não penso só em gols decisivos. Penso em gols todos os jogos. Minha importância é por ajudar com gols, assistências ou me doar ao máximo. Desde que cheguei, é isso que faço e vou fazer. Gols decisivos aconteceram na Libertadores, mas história, para ser marcada, tem que ser com títulos - avisa o atacante.

Pimpão terá, em breve, a concorrência de Rodrigo Aguirre, atacante uruguaio que chega por empréstimo até a metade do ano que vem. Ainda em fase de exames médicos e sem poder atuar no Campeonato Carioca, ele ainda não foi anunciado, mas já transita nas dependências alvinegras, e recebeu boas-vindas.

- A gente já se encontrou em campo (Aguirre estava no Nacional-URU, na última Libertadores). É um grande jogador, pode ajudar. Eu o encontrei aqui, dei boas- vindas... ele não compreende ainda bem o português, mas vamos ajudá-lo da melhor maneira possível. Nos treinamentos, em campo e fora, estamos à disposição - explica.

O TREINO
O técnico Alberto Valentim comandou atividade tática intensa sob a chuva que caía no campo anexo do Estádio Nilton Santos, nesta quinta-feira. Dentre os titulares, Ezequiel não participou. Com dores por uma pancada nas costas recebida no último jogo, ele foi liberado mais cedo.

Matheus Fernandes e Renatinho mostraram evolução das respectivas lesões nos dedões dos pés. Fizeram trabalho com tênis. Para a rodada deste fim de semana, ainda não poderão atuar.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance