Mufarrej se retifica: Botafogo mandará clássicos no Nilton Santos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Mufarrej se retifica: Botafogo mandará clássicos no Nilton Santos

Nelson Mufarrej - Botafogo
Nelson Mufarrej tomou posse como presidente do clube na última quinta-feira (Foto: Divulgação)
Felippe Rocha - 09/01/2018 - 18:10
Rio de Janeiro (RJ)
Após o Arbitral da Ferj da última segunda-feira, o presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, deu uma declaração ao Jornal O Globo na qual afirmava que o Glorioso não mandaria os clássicos do Campeonato Carioca no Maracanã. Nesta terça-feira, após a apresentação de Luiz Fernando, o mandatário alvinegro se explicou.

O programa sócio-torcedor do Botafogo contempla assentos do Estádio Nilton Santos. Por outro lado, o regulamento do Campeonato Carioca obriga divisão igualitária da carga de ingressos para as torcidas nos clássicos. Sem acordo na reunião, o Alvinegro preferiria jogar contra os maiores rivais fora do próprio estádio, mas o dirigente se explicou.

- Saiu uma declaração que demos depois da reunião da Ferj. Acontece que, vendo o regulamento, no Carioca, não tem sócio-torcedor. Se não tem, queríamos fazer 90-10 para que tivesse esse direito. O regulamento da Ferj não permite. Então, vamos fazer com que a Leste e a Sul sejam do adversário, e o Oeste e Norte, do Botafogo - disse.

Mufarrej também fez um apelo pela paz. Faz quase um ano que, num Botafogo x Flamengo, um torcedor morreu após confronto entre organizadas em frente ao Estádio Nilton Santos. À época, o efetivo da Polícia Militar estava reduzido, diante da greve dos oficiais.

- Nós, dirigentes, temos que acalmar o torcedor. A rivalidade é no campo. Vamos torcer, dar força ao time. A briga não leva a nada. Que todas as torcidas se unam. A união traz um benefício muito grande ao futebol. Um vaia a entrada do Botafogo, o Botafogo vaia a entrada do outro time, e isso é salutar. Depois vamos tomar cerveja e bater papo - disse.

Os clubes e a Ferj debateram e vão continuar procurando medidas pelo aumento da segurança nos estádios. Após nova reunião, o tema deverá ser levado ao Ministério Público.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance