Estudo não detecta arritmia grave, mas Biro Biro fará novos testes e ficará parado por mais dois meses
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Estudo não detecta arritmia grave, mas Biro Biro fará novos testes e ficará parado por mais dois meses

Biro Biro
Estudo não encontrou arritmia, mas Biro Biro permanecerá longe dos gramados (Foto: Divulgação)
Sergio Santana - 06/08/2019 - 10:21
Rio de Janeiro (RJ)
O quadro de Biro Biro teve uma atualização. Na noite da última segunda-feira, o atleta do Botafogo realizou um estudo eletrofisiológico, em uma clinica no Rio de Janeiro. O objetivo do exame era encontrar uma arritmia cardíaca grave, o que, neste sentido, foi negativo. 

O estudo eletrofisiológico é baseado no funcionamento do sistema elétrico do coração. A partir do contato com medicamentos que provoquem alterações no coração, a equipe médica analisou o órgão para ver como o mesmo reagiria. A operação, feita pelo Dr. Eduardo Saad, especialista em arritmia cardíaca, não encontrou absolutamente nada. Biro Biro, inclusive, já retornou para casa.

Apesar da notícia ter sido positiva, o jogador ainda não retornará ao futebol. Agora, os próximos passos serão baseados em um teste genético, com o intuito de avaliar doenças elétricas mais raras. O resultado deste exame, que consiste em uma análise a partir de material que vem da mostra do seu sistema genital, demora dois meses para sair.



Durante este período, Biro Biro segue afastado de qualquer atividade esportiva, já que o intuito do exame é procurar fatores que podem afetar seu coração. Até que o resultado saia, o atacante não pode passar por nenhum tipo de esforço físico ou qualquer outra coisa que possa alterar seu sistema cardíaco.

Em contato com o LANCE!, Eduardo Saad, responsável por todos os exames realizados por Biro Biro desde o desmaio, explicou o funcionamento do teste genético e o que esperar do possível resultado do estudo. 

- A maioria delas são doenças dos "canais iônicos" do coração. São doenças raras, puramente elétricas. Não afetam a estrutura ou o bombeamento do coração. São de caráter de genético, por isso precisam desta avaliação - analisou.

E MAIS:
ENTENDA O CASO
Contratado na metade da temporada, Biro Biro ainda não estreou oficialmente pelo Botafogo. O atacante treinava normalmente no dia 16 de julho, até que se sentiu mal e desmaiou, ficando desacordado. Os médicos do Botafogo levaram o atleta para o vestiário com o intuito de reacordá-lo - posteriormente, ele foi levado a um hospital para a realização de exames.

Não foi a primeira vez que Biro Biro passou mal e desmaiou durante a realização de uma atividade física. Em agosto de 2017, quando atuava pelo Shangai Shenxin, o atacante também ficou desacordado durante uma partida do campeonato local, sendo aparado por um jogador da equipe adversária.

No ano passado, Biro Biro corrigiu uma arritmia cardíaca, que sentiu quando atuava no país asiático. O responsável por cuidar do jogador, desde então, é Eduardo Saad, que permanece à parte no quadro do atleta. O médico afirmou que o jogador coloca a saúde em primeiro lugar e vem se cuidando.

Facebook Lance Twitter Lance