Com segurança reforçada, treino do Botafogo tem indícios de mudanças
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com segurança reforçada, treino do Botafogo tem indícios de mudanças

Luis Ricardo
Luis Ricardo participa de treino no Nilton Santos (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Felippe Rocha - 12/09/2018 - 14:12
Rio de Janeiro (RJ)
O técnico Zé Ricardo comandou, nesta quarta-feira, um treino técnico no campo anexo do Estádio Nilton Santos, com os jogadores do Botafogo. E neste segundo dia de atividades após a folga de segunda-feira, o treinador já deu indícios de que promoverá, ao menos, duas mudanças técnicas na partida contra o América-MG: as entradas de Luis Ricardo e Valencia.

Mas como a fase do time está longe de ser boa, houve segurança reforçada tanto de seguranças particulares quanto de duas viaturas da Polícia Militar. A entrada para a loja que fica no estádio chegou a ficar fechada durante a atividade. Não houve, porém, maiores incidentes.

O treino principal teve seis times de cinco jogadores de linha se enfrentando dois a dois em campo reduzido. O treinador cobrava a marcação pressão e dividiu prováveis titulares no mesmo time. Deste modo, Luis Ricardo estava no mesmo grupo que Carli, Igor Rabello, Moisés e Jean. Já Valencia atuou no mesmo time que Rodrigo Lindoso, Luiz Fernando, Erik e Kieza.

Luis Ricardo entraria na vaga de Marcinho, que teve atuação criticada no clássico do último domingo, contra o Fluminense. Valencia seria no lugar de Bochecha, coincidentemente envolvido no lance do gol que resultou no revés.

Sem contar os retornos de Carli e Jean, que estavam suspensos, nas vagas de Marcelo Benevenuto e Matheus Fernandes. O time deve ter, então, Saulo, Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean, Rodrigo Lindoso e Valencia; Erik, Kieza e Luiz Fernando.

A atividade desta quarta teve ainda os retornos de Yago, após ser desfalque por dores na coxa direita e da dupla Marcos Vinícus e Renatinho. Estes estão reincorporados após longa recuperação física, mas a carga de trabalho tem crescimento gradual. O primeiro foi "coringa" no treino, trabalhando para os dois times. O segundo fez trabalhos físicos.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance