ATUAÇÕES: Veja quem se salvou no Botafogo na derrota para o Galo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



31/07/2019 | 23:59

ATUAÇÕES: Veja quem se salvou no Botafogo na derrota para o Galo

  •  Atlético MG x Botafogo
    O Botafogo visitou o Atlético-MG em Belo Horizonte, mas acabou eliminado da Sul-Americana ao perder por 2 a 0, na noite desta quarta-feira. Poucos jogadores se salvaram no Glorioso. As maiores notas foram de Gatito Fernández e Alex Santana. Confira todas as avaliações do LANCE! (por João Vitor Castanheira) DOUGLAS MAGNO / AFP
  •  Atuações Botafogo - Gatito
    Gatito - 6,5 Com a pane do Botafogo no segundo tempo, evitou um placar mais elástico. Parou Ricardo Oliveira duas vezes e ainda tocou na bola no pênalti bem batido por Fábio Santos. Atuações Botafogo - Gatito
  •  Atuações Botafogo - Marcinho
    Marcinho - 6,0 No melhor momento do Glorioso, em cobrança de falta, mesmo com pouco ângulo, colocou uma bola no travessão do Atlético-MG. Atuações Botafogo - Marcinho
  •  Atuações - Botafogo - Marcelo Benevenuto
    Marcelo - 5,5 Em um vacilo, perdeu bola fácil para Ricardo Oliveira, em lance que quase acabou em gol mineiro. Não deu segurança à defesa alvinegra. Divulgação Botafogo
  •  Atuações Botafogo - Cícero
    Cícero - 6,0 No primeiro tempo, pareceu jogar na zaga há anos. Fez um desarme providencial quando Chará estava prestes a marcar. Sentiu o ritmo do jogo no segundo tempo. Atuações Botafogo - Cícero
  •  Atuações Botafogo - Gilson
    Gilson - 6,0 Não teve culpas nos gols e deu pouco espaço pelo lado esquerdo da defesa carioca. Atuações Botafogo - Gilson
  •  Atuações Botafogo - Bochecha
    Bochecha - 4,5 Cometeu erro grave na saída de bola e que por pouco não acabou em gol do Atlético-MG. Por vezes, desligou-se em campo. Atuações Botafogo - Bochecha
  •  Atuações Botafogo - João Paulo
    João Paulo - 5,5 Um jogador de cadência, não conseguiu acompanhar o ritmo intenso do jogo. Errou alguns passes e foi o primeiro a ser substituído Atuações Botafogo - João Paulo
  •  Atuações Botafogo - Alex Santana
    Alex Santana - 6,5 Foi um dos principais construtores do Fogo no primeiro tempo. Posicionado mais à esquerda, teve intensidade e pisou na área do Galo. Atuações Botafogo - Alex Santana
  •  Atuações - Botafogo - Rodrigo Pimpão
    Pimpão - 5,0 Começou a partida apresentando-se para tabelar pelo lado direito, mas desapareceu em campo na etapa final. Foi substituído. Divulgação Botafogo
  •  Atuações - Botafogo - Luiz Fernando
    Luiz Fernando - 5,5 Foi um dos jogadores mais incisivos do Botafogo pela esquerda, no primeiro tempo, mas caiu de rendimento ao longo da partida e também sumiu. Divulgação Botafogo
  •  Atuações - Botafogo - Diego Souza
    Diego Souza - 5,0 Iniciou o jogo bastante participativo, participando da construção e marcando presença na área, mas junto com o resto do time, não voltou para o segundo tempo. Lance!
  •  Atuações - Botafogo - Alan Santos
    Alan Santos - 4,0 Entrou no lugar de João Paulo para dar mais pegada ao meio-campo do Glorioso, mas atabalhoado na área defensiva, foi decisivo negativamente ao fazer pênalti em Jair. Divulgação Botafogo
  •  Atuações - Botafogo - Leo Valencia
    Valencia - 5,0 Entrou no segundo tempo e teve atuação tímida. Não conseguiu reter a bola no meio-ataque ou criar lances de perigo. Divulgação Botafogo
  •  Atuações Botafogo - Igor Cássio
    Igor Cássio - 5,5 O último a entrar, teve poucos minutos em campo. Outro que também não conseguiu tirar o Botafogo da pressão. Atuações Botafogo - Igor Cássio
  •  Atuações (Atuação) - Botafogo - Eduardo Barroca
    Eduardo Barroca - 4,5 A entrada de Alan Santos no início do segundo tempo foi providencial para o destino do jogo. O volante, substituindo João Paulo, fez pênalti e errou muito. Atuações - Botafogo - Eduardo Barroca
  •  Atlético MG x Botafogo
    SOBE E DESCE DO ATLÉTICO-MG SOBE JAIR Foi o melhor da partida no Independência. Incansável, apareceu em vários setores do campo para desarmar e construir as jogadas da equipe mineira com extrema qualidade. Invadindo a área, ainda sofreu o pênalti. Foi uma atuação para o volante lembrar com carinho. DESCE PRIMEIRO TEMPO A equipe de Rodrigo Satana pareceu acomodada e foi dominada pelo Botafogo no início do duelo. Sem intensidade, a equipe passou por apuros, e poderia ter saído no prejuízo do primeiro tempo. Bruno Cantini / Atletico

SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance