ATUAÇÕES: Gatito é o melhor do Bota no empate com a Chapecoense
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



26/08/2019 | 22:13

ATUAÇÕES: Gatito é o melhor do Bota no empate com a Chapecoense

  •  Botafogo x Chapecoense
    No empate sem gols com a Chapecoense, o Botafogo viu o goleiro Gatito Fernández ser o destaque da equipe no Estádio Nilton Santos. Sem sucesso no setor ofensivo, os donos da casa tiveram o bom trabalho do camisa 1 como o ponto alto doConfira as notas do LANCE! (Por Gabriel Grey - gabrielgrey@lancenet.com.br) Maga Jr/Ofotografico/Lancepress!
  •  Atuações Botafogo - Gatito
    Gatito Fernández - 7,5 - Sempre seguro. Apesar de poucas finalizações da Chapecoense, o goleiro paraguaio, sempre que exigido, cumpriu bem o seu papel. Lance!
  •  Atuações Botafogo - Marcinho
    Marcinho - 6,0 - Apareceu pouco no ataque do Alvinegro. Se limitou em ficar mais recuado para ajudar na marcação. Levou um cartão amarelo no primeiro tempo. Cobrou uma falta com perigo no segundo tempo. LANCE!
  •  Atuações Botafogo - Carli
    Joel Carli - 7,0 - O zagueiro comandou o sistema defensivo do Botafogo. A Chapecoense praticamente não assustou a meta protegida por Gatito Fernández. Foi bem. Lance!
  •  Atuações - Botafogo - Gabriel
    Gabriel - 6,5 - Foi bem ao lado de Carli, o zagueiro ajudou o sistema defensivo do Botafogo anulando os atacantes da Chape. Sempre seguro, vem melhorando seu futebol nos últimos jogos. LANCE!
  •  Atuações Botafogo - Gilson
    Gilson - 6,5  - Mais participativo que Marcinho, conseguiu chegar algumas vezes no fundo para apoiar o ataque. Ajudou no sistema defensivo segurando o lado direito da Chape. Foi importante nas bolas paradas. Lance!
  •  Atuações - Botafogo - Gustavo Bochecha
    Gustavo Bochecha - 6,5 - Sofreu no primeiro tempo com o jogo truncado no meio-campo e pouco apareceu para ajudar o ataque como 'elemento surpresa'. Foi bem na marcação e conseguiu fazer bons passes em profundidade criando oportunidades para o Botafogo. LANCE!
  •  Atuações Botafogo - João Paulo
    João Paulo - 5,5 - O meia não conseguiu ajudar Alex Santana na armação do time. Tentou ligar a defesa com o ataque mas o jogo do Botafogo estava muito preso no meio-campo. Foi substituído por Marcos Vinícius no segundo tempo. Atuações Botafogo - João Paulo
  •  Atuações Botafogo - Alex Santana
    Alex Santana - 6,5 - Arriscou alguns chutes de fora da área, explorando seu ponto forte, mas sem sucesso. Acertou a trave, de cabeça, no início do segundo tempo, após boa cobrança de escanteio de Gilson. LANCE!
  •  Atuações - Botafogo - Luiz Fernando
    Luiz Fernando - 5,0 - Conseguiu criar apenas uma jogada no começo do primeiro tempo para a cabeçada de Diego Souza. Sumido no jogo, foi substituído no começo do segundo tempo por Rhuan. Ficou devendo. LANCE!
  •  Atuações - Lucas Campos (Botafogo)
    Lucas Campos - 4,5 - Parecia nervoso no início do jogo, errava dribles e passes bobos. No segundo tempo, pouco participou e não foi o ponta agudo que a torcida esperava. Ficou devendo e foi substituído por Victor Rangel. Lance! 
  •  Atuações - Botafogo - Diego Souza
    Diego Souza - 6,0 - Isolado na frente, o atacante do Botafogo se esforçou para fazer o pivô e ser uma referência na área. Sem a bola chegar, pouco ajudou o Botafogo. Lance!
  •  Atuações - Botafogo - Rhuan
    Rhuan - 6,5 - Entrou no lugar de Luiz Fernando no começo do segundo tempo. Conseguiu dar mais movimentação no lado esquerdo do ataque do Botafogo. Foi participativo. Lance!
  •  Atuações - Botafogo - Marcos Vinicius
    Marcos Vinícius - 6,0 - Entrou no lugar de João Paulo no segundo tempo. Pouco produziu para ajudar o Botafogo na parte ofensiva e, no último lance da partida, quase marcou um golaço de voleio. LANCE!
  •  Atuações - Botafogo - Victor Rangel
    Victor Rangel - 5,5 - Entrou no segundo tempo no lugar de Lucas Campo. Em poucos minutos em campo levou um cartão amarelo. Pouco acrescentou. Lance!
  •  Atuações (Atuação) - Botafogo - Eduardo Barroca
    Barroca - 5,5 - O esquema de Barroca não funcionou na partida contra a Chapeconese. Diego Souza, principal nome da equipe, ficou isolado na frente e pouco foi útil. O time não conseguiu criar muitas oportunidades e acabou amargando um empate em casa. Sistema defensivo da equipe foi bem. LANCE!
  •  Botafogo x Chapecoense
    CHAPECOENSE: SOBE: ARTHUR GOMES O ponta da Chapecoense deu trabalho para a zaga do Botafogo e era a principal arma de contra-ataque do time. Mostrou habilidade com belos dribles e recurso para criar jogadas ofensivas. É uma boa arma para a Chapecoense no restante da temporada. DESCE: BOLA AÉREA O Botafogo conseguia assustar a Chapecoense sempre que tentava uma bola alçada na área. O time passou um sufoco para aguentar a pressão no fim da partida e levou sorte em uma cabeçada na trave de Alex Santana após um escanteio. Vítor Silva/Botafogo


SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance