Artilheiro no ano, Alex Santana pode ser arma do Bota para vencer o Galo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Artilheiro no ano, Alex Santana pode ser arma do Bota para vencer o Galo

Alex Santana - Botafogo x Santos
Alex Santana vive uma temporada goleadora no Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Fernanda Teixeira - 08/09/2019 - 06:00
Rio de Janeiro (RJ)
O Botafogo viveu uma semana agitada  fora dos gramados, com protestos dos jogadores pelo atraso nos pagamentos de salários. Enquanto a diretoria corre para resolver as pendências financeiras, o técnico Eduardo Barroca busca soluções para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. E um jogador que tem feito uma boa temporada é Alex Santana. O volante é o artilheiro da temporada, com nove gols e foi o jogador que mais finalizou no torneio nacional. O caminho para vencer o Atlético-MG, neste domingo, no Nilton Santos pode passar pelos pés do jogador de 24 anos. 

Em 13 jogos no Brasileirão, o camisa 10 já marcou quatro gols, tornando-se o artilheiro do time na competição, junto com Diego Souza. No total foram  25 finalizações, que o deixam em primeiro lugar no fundamento. Desde a saída de Erik para o futebol japonês, Alex assumiu a artilharia da temporada. O meia tem a confiança de Eduardo Barroca e na partida válida pela 18ª rodada confia no fator casa para reencontrar as vitórias, depois de três jogos. 

– Temos um jogo difícil pela frente, assim como em todo jogo do Brasileirão. Mas aqui tem um grupo que trabalha forte e que se dedicou durante essa semana pelo resultado. Estaremos na nossa casa e diante do nosso torcedor, que está abraçando a causa. Foco lá em cima para o que o Barroca está nos passando - destacou Alex, em entrevista ao site oficial do clube.



Voltar a vencer no Estádio Nilton Santos é palavra de ordem no clube. O resultado positivo pode ajudar o Botafogo a amenizar a crise nos bastidores e é fundamental para o objetivo traçado pelo treinador de brigar na parte de cima da tabela.  Um bom desempenho também pode servir para reforçar o compromisso assumido pelo elenco de manter o mesmo empenho dentro de campo, apesar dos problemas administrativos. O Glorioso disputou sete jogos como mandante no Estádio Nilton Santos. Venceu Bahia, Fortaleza, Vasco e Athletico-PR, empatou diante da Chapecoense e foi superado por Grêmio e Santos.


E MAIS:
– O Brasileiro é muito disputado e todo jogo é muito importante. E voltar a vencer em casa é necessário para o que buscamos no campeonato. Vencemos adversários duros aqui, inclusive um clássico, e vamos trabalhar para dar essa alegria novamente ao nosso torcedor - completou Alex.

Para incentivar o torcedor a ir ao estádio apoiar o time, a diretoria anunciou uma promoção e estipulou preço único para todos os setores (R$30 inteira e R$15 meia). Um bom público é esperado para a tarde deste domingo.

Retrospecto recente ruim
Além da crise, o Botafogo vai ter que superar um retrospecto recente ruim diante do Galo. Nos últimos cinco jogos, o Alvinegro perdeu três e venceu duas vezes os mineiros. Foram três partidas pelo Campeonato Brasileiro e duas pela Copa Sul-Americana, quando o Glorioso foi eliminado para os rivais, nas oitavas.

O Botafogo fez apenas um ponto dos últimos nove disputados, estacionou na tabela e se afastou do G-6. O Atlético-MG é também o quinto melhor visitante da competição e sétimo colocado, com 27 pontos. Contra equipes acima na tabela, o desempenho do Alvinegro também não joga a favor. A única vitória foi sobre o Athletico por 2 a 1, pela 14ª rodada

Somar os três pontos em casa também será fundamental para as pretensões da equipe, diante da sequência que o time comandado por Barroca terá no Brasileirão. O Bota fará três dos seus quatro confrontos longe do Rio de Janeiro, contra Ceará, Bahia e Fortaleza. O único jogo em casa será contra o São Paulo.

Facebook Lance Twitter Lance