STJD decide absolver Atlético-MG, Cruzeiro e Mano Menezes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

STJD decide absolver Atlético-MG, Cruzeiro e Mano Menezes

Tribuna Atlético-mg
Camarote cedido pelo Atlético-MG ao Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro)
LANCE! - 31/07/2018 - 17:31
Belo Horizonte (MG)
A Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu absolver o Atlético-MG, o Cruzeiro e o técnico Mano Menezes pelos incidentes durante o clássico no Independência, realizado no dia 19 de maio. Ainda cabe recurso na decisão. 

O processo girava em torno de um camarote disponibilizado para o Cruzeiro durante o duelo entre os clubes pela sexta rodada do Brasileirão. A cabine, segundo dirigentes da Raposa, estava localizada entre dois espaços ocupados por integrantes de uma torcida organizada do Galo. O camarote reservado para a delegação cruzeirense foi diferente dos que os diretores do clube estavam acostumados. Por meio da assessoria de comunicação, o Galo justificou a troca do local.

- O clube cedeu dois camarotes de 18 lugares, conforme solicitado pelo Cruzeiro. O único lugar que tinha camarotes com 18 lugares disponíveis era essa. Do outro lado do estádio não tinha - afirmou, em nota. 

A Raposa também acusou o Atlético-MG de não ter disponibilizado a carga de ingressos que tinha direito como time visitante, dentro do prazo estabelecido pelo estatuto do torcedor.

Se por um lado, o clube celeste fez duas denúncias contra o Galo, o Alvinegro não deixou por menos e acusou o técnico Mano Meneses de ter feito supostos gestos obscenos para torcedores alvinegros durante a partida. 

O único punido no julgamento desta terça-feira foi o meia Mancuello, suspenso por uma partida, pena já cumprida. O argentino foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Facebook Lance Twitter Lance