Não deu! Galo é derrotado pelo San Lorenzo e deixa decisão para BH
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Não deu! Galo é derrotado pelo San Lorenzo e deixa decisão para BH

  •  San Lorenzo x Atlético-MG
    San Lorenzo 1 x 0 Atlético-MG: as imagens da partida AFP
  •  San Lorenzo x Atlético-MG
    San Lorenzo 1 x 0 Atlético-MG: as imagens da partida AFP
  •  San Lorenzo x Atlético-MG
    San Lorenzo 1 x 0 Atlético-MG: as imagens da partida AFP
  •  San Lorenzo x Atlético-MG
    San Lorenzo 1 x 0 Atlético-MG: as imagens da partida AFP
  •  San Lorenzo x Atlético-MG
    San Lorenzo 1 x 0 Atlético-MG: as imagens da partida AFP
LANCE! - 11/04/2018 - 21:12
Buenos Aires (ARG)
O duelo de campeões entre Atlético-MG e San Lorenzo terminou com festa dos argentinos nesta quarta-feira. Em noite de Otero e Ricardo Oliveira apagados, o Galo, campeão da Recopa Sul-Americana em 2014, teve mais posse de bola e finalizações, mas acabou sendo derrubado pelos Cuervos, que garantiram vantagem para o jogo de volta com a vitória por 1 a 0, conquistada com gol irregular de Gudinõ. Para a decisão da primeira fase, as equipes voltam a se encontrar no dia 8 de maio, no Independência.

Apesar da grande quantidade de erros de passes, o primeiro tempo foi movimentado no Nuevo Gasómetro. Em campo com um time praticamente reserva, o San Lorenzo encontrou dificuldade para furar o bloqueio da defesa atleticana durante boa parte da etapa. Atento, Cazares aproveitou erro na saída de bola do rival e arriscou o chute, mas finalizou para fora.

A segunda oportunidade bateu na porta do Galo aos sete minutos. Otero foi para a cobrança de falta próxima da área, mas estourou a bola no zagueiro Rodríguez, que estava na barreira. No rebote, Bremer tentou chute de longe para boa defesa de Navarro. Enquanto isso, o defensor argentino deixava o campo com o nariz sangrando para receber atendimento médico.

Enquanto a arbitragem deixava empurrões passarem desapercebidos, a marcação do Atlético surtia efeito, mas as investidas ofensivas ficaram de lado. As duas melhores chances de gol da equipe alvinegra foram com chegadas de Elias e Adilson pela direita, porém ambas foram ineficazes. Em resposta, o San Lorenzo chegou com perigo ao ataque e Victor defendeu, mas no rebote, Gudinõ, adiantado, pegou de primeira e abriu o placar aos 38 minutos em lance impedido.

O Atlético-MG deixou o campo com mais posse de bola e mais finalizações que o rival durante o primeiro tempo, mas voltou para a etapa final com notável dificuldade para aumentar a produtividade em campo. Para a tristeza dos poucos torcedores alvinegros na partida, Otero e Ricardo Oliveira pareciam ter deixado as boas atuações no Horto. Atrapalhado, o venezuelano arriscou chute de perna esquerda, mas mandou para fora. A resposta veio com boa chance perdida por Blandi próximo da área.

No decorrer da segunda etapa, o desempenho do Galo ficou ainda mais enfraquecido e a falta de confiança ganhou espaço. Com o aumento nos erros de passe e falhas de Elias na marcação, o San Lorenzo não teve dificuldade para chegar com perigo. Insistente, Blandi quase ampliou o placar em dois cabeceios, que ameaçaram o goleiro Victor. Na sequência, mais um susto em chute de Díaz de fora da área.

Já nos minutos finais, Gudinõ largou a mão no rosto de Erik e rendeu falta na lateral da área para o Galo, mas a equipe não conseguiu aproveitar. Muito pressionado pelo time argentino, o Atlético-MG arriscou alguns contra-ataques, que foram interrompidos e encerrou sua atuação no Nuevo Gasómetro deixando a decisão para Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
SAN LORENZO 1 x 0 ATLÉTICO-MG
Local:
Estádio Pedro Bidegain, Buenos Aires (ARG)
Data-Hora: 11/04/2018 - 19h15
Árbitro: Leodan González (URU)
Auxiliares: Richard Trinidad (URU) e Gabriel Popovits (URU)
Público/renda: -
Cartões amarelos: Robert Piris (SLO); Gustavo Blanco, Bremer (CAM)
Cartões vermelhos: -
Gols: Gudinõ (38'/1ºT)(1-0).

SAN LORENZO: Navarro; Paulo Díaz, Gozanlo Rodríguez, Senesi, Gabriel Rojas; Gudiño, Mercier, Robert Piris, Alexis Castro, Botta (Cavallaro, aos 24'/2ºT); Blandi (Reniero, aos 31'/2ºT). Técnico: Claudio Biaggio.

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Bremer, Gabriel, Fábio Santos; Adilson (Gustavo Blanco, aos 14'/2ºT) , Elias, Cazares; Luan (Tomás Andrade, aos 36'/2ºT) , Otero (Erik, aos 26'/2ºT), Ricardo Oliveira. Técnic: Thiago Larghi.


Facebook Lance Twitter Lance